Israelenses e palestinos nunca estiveram tão perto da paz

John Kerry, secretário de Estado americano pediu para que o exemplo de Nelson Mandela seja seguido

Tel Aviv - Os israelenses e os palestinos jamais estiveram tão perto da paz em muitos anos, afirmou nesta sexta-feira o secretário de Estado americano, John Kerry, depois de uma nova missão de paz no Oriente Médio, e pediu para que o exemplo de Nelson Mandela seja seguido.

"Creio que estamos mais perto do que nunca estivemos em anos para trazer paz, prosperidade e segurança que merecem todas as pessoas desta região", declarou Kerry aos jornalistas que viajavam com sua delegação, antes de pegar o voo de volta para Washington.

O secretário de Estado pediu que israelenses e palestinos sigam o exemplo de Nelson Mandela, ex-presidente sul-africano e ícone da luta contra a injustiça, e criticou "os pessimistas que se equivocam ao acreditar que a paz nesta região é um objetivo impossível".

"Está claro que o presidente Mahmud Abbas e o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu continuam mais decididos do que nunca a seguir por este caminho e explorar todas as possibilidades porque ambas as partes têm o mesmo objetivo: duas nações para dois povos vivendo um junto do outro em paz e prosperidade", assegurou Kerry.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.