• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Islândia cria memorial para geleira que derreteu

"Todas as nossas geleiras devem seguir o mesmo caminho", diz a placa que marca a primeira geleira a desaparecer como consequência das mudanças climáticas
Gelo derrete: Aquecimento global está reduzindo geleiras na Islândia, país conhecido como "Terra do Gelo e do Gofo", por conta de suas geleiras e seus vulcões (Reuters/Thibault Camus/Pool)
Gelo derrete: Aquecimento global está reduzindo geleiras na Islândia, país conhecido como "Terra do Gelo e do Gofo", por conta de suas geleiras e seus vulcões (Reuters/Thibault Camus/Pool)
Por Thin Lei Win, da ReutersPublicado em 22/07/2019 17:34 | Última atualização em 22/07/2019 17:34Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Roma — A primeira geleira da Islândia que desapareceu devido à elevação das temperaturas deve ser lembrada com uma homenagem que terá um alerta sombrio sobre o impacto da mudança climática se o mundo não agir a tempo.

"Nos próximos 200 anos, todas as nossas geleiras devem seguir o mesmo caminho", diz uma placa que será colocada no mês que vem perto de Okjokull, também conhecida como Geleira Ok, até desaparecer em 2014.

"Este monumento é para reconhecer que sabemos o que está acontecendo e o que precisa ser feito. Só vocês sabem se o fizemos", diz o texto em inglês e islandês, sob as palavras "Uma carta para o futuro".

Os islandeses chamam seu país de "Terra do Fogo e do Gelo" pela paisagem de vulcões e geleiras, imortalizadas na literatura. Mas as geleiras estão derretendo, e os cientistas afirmam que as temperaturas globais em elevação são as culpadas.

"Este será o primeiro monumento a uma geleira perdida pela mudança climática em qualquer parte do mundo", disse a antropóloga Cymene Howe, da Universidade Rice, em Houston, que fez um documentário de 2018 sobre o desaparecimento da geleira.

"Ao registrar o desaparecimento de Ok, esperamos chamar a atenção para o que está sendo perdido enquanto as geleiras da Terra somem."

O derretimento das geleiras é um prenúncio das mudanças profundas nos padrões climáticos da Islândia, fluxos de água, flora e fauna, de acordo com serviço meteorológico islandês.

"Com este memorial, queremos ressaltar que cabe a nós, os que estamos vivos, responder coletivamente ao rápido desaparecimento de geleiras e aos impactos contínuos da mudança climática", disse Howe em um comunicado anunciando o memorial, que será inaugurado no dia 18 de agosto.