Interrogadores da CIA são heróis, diz Dick Cheney

"Deveriam ser felicitados, deveriam ser condecorados", disse o ex-vice-presidente americano, que foi o braço direito do presidente George W. Bush

O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Dick Cheney defendeu neste domingo o programa da CIA de torturas a suspeitos de pertencer à Al-Qaeda, saudando os agentes da CIA como heróis e criticando que eles sejam chamados de torturadores.

"Deveriam ser felicitados, deveriam ser condecorados", disse Cheney, que foi o braço direito do presidente George W. Bush, durante um programa exibido pela rede de televisão NBC.

Cheney fez tais declarações após a publicação nesta semana de um informe sobre as práticas de prisão e tortura praticadas pela CIA após os atentados de 11 de setembro de 2001.

Segundo o relatório, os detidos permaneciam amarrados durante dias na escuridão, eram submetidos a banhos gelados, privados de sono durante uma semana, espancados e ameaçados psicologicamente.

O documento questionava a eficácia destas técnicas para obter informações.

Cheney disse discordar da Comissão de Inteligência do Senado americano. O programa "funcionava. É claro que funcionava", disse o ex-vice-presidente à NBC sobre as práticas denominadas de forma eufemística como "técnicas de interrogatório reforçadas".

Quando o informe foi lançado, na última terça-feira, Cheney o classificou de "terrível" e "cheio de merda".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também