Governo sírio nega guerra civil e diz lutar contra terrorismo

O ministério sírio das Relações Exteriores destacou ainda que os dirigentes da ONU têm que ser "neutros, objetivos e precisos"

Damasco - O ministério sírio das Relações Exteriores negou nesta quarta-feira que exista uma guerra civil no país e afirmou que trava uma guerra contra o terrorismo, o que contradiz a declaração de terça-feira do chefe de operações de manutenção da paz da ONU, Hervé Ladsous.

"A Síria não é cenário de uma guerra civil, mas luta para erradicar o terrorismo e enfrentar os assassinatos, sequestros e explosões", afirma o ministério em um comunicado, no qual destaca que os dirigentes da ONU têm que ser "neutros, objetivos e precisos".

"Falar de guerra civil não está de acordo com a realidade. O que está acontecendo é uma guerra contra grupos armados que optaram pelo terrorismo para alcançar seus objetivos e conspirar contra o futuro do povo sírio", completa a nota.

O ministério sírio manifestou "surpresa" com as declarações de Ladsous.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também