Kadafi tenta retomar cidades e violência aumenta na Líbia

Os combates parecem confirmar a divisão da Líbia entre uma zona controlada por Gaddafi no oeste, incluindo Trípoli

Ajdabiyah – As forças de Muammar Gaddafi avançaram na sexta-feira em direção a uma cidade dominada por rebeldes no oeste da Líbia, enquanto a oposição afirmou ter capturado a localidade petrolífera de Ras Lanuf, ampliando seu domínio sobre o leste do país.

Os combates parecem confirmar a divisão da Líbia entre uma zona controlada por Gaddafi no oeste, incluindo Trípoli, a capital, e uma parte dominada por rebeldes a leste.

Em Zawiyah, cidade que fica 50 quilômetros a oeste Trípoli, pelo menos 30 civis foram mortos e dezenas de outros ficaram feridos na ofensiva governamental, segundo um morador. A cidade havia chegado a cair nas mãos dos rebeldes, causando um constrangimento para Gaddafi, que enfrenta a pior rebelião nos seus 41 anos no poder.

Um morador, que se identificou como Mohamed, relatou que as forças governistas usaram lançadores de granadas, metralhadoras pesadas e franco-atiradores no telhado de um hotel para alvejar manifestantes que fizeram um protesto contra Gaddafi após a prece de sexta-feira.

Uma força rebelde improvisada recuou para a praça dos Mártires, no centro da cidade, e as tropas do governo estavam a cerca de quatro quilômetros dali, segundo um porta-voz rebelde.

Um funcionário do governo líbio disse que a cidade “foi liberada, (mas) talvez ainda existam alguns bolsões (de resistência rebelde)”.

No leste, os rebeldes disseram que suas forças tomaram Ras Lanuf, que fica em uma estratégica estrada litorânea. Horas antes, eles haviam anunciado a captura do aeroporto local.

“Dominamos Ras Lanuf cem por cento, as forças de Gaddafi foram todas embora”, disse o soldado amotinado Hafez Ibrahim. Ele não disse quem está no controle da base militar e do terminal petrolífero que ficam próximos da cidade.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.