FMI espera que Brics invistam em vários bônus europeus

Fundo espera que países emergentes não coloquem seu dinheiro apenas em títulos de menor risco, como os alemães ou os britânicos

Milão - O Fundo Monetário Internacional (FMI) espera que um eventual investimento pelos Brics em bônus europeus não se limite a títulos de menor risco, como os alemães ou britânicos, disse a diretora-gerente do órgão, Christine Lagarde.

Em resposta a uma pergunta do jornal italiano La Stampa sobre notícias de que o Brasil poderia investir na Europa, ela disse que tal movimento seria aceitável pelo FMI.

"Esse interesse dos Brics é um desenvolvimento interessante, mas, se for limitado a Alemanha e Grã-Bretanha, eles não tomarão grandes riscos", disse ela ao jornal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.