Fifa condena violência durante a Eurocopa

A Uefa já abriu um procedimento contra a federação russa de futebol, pelos distúrbios e pelas práticas racistas dos torcedores da Rússia na partida

Zurique -- Os episódios de violência envolvendo torcedores de Inglaterra e da Rússia nos dois primeiros dias de disputa da Eurocopa estão concentrando as atenções do torneio disputado na França. Neste domingo, antes de abertura da rodada, a Fifa emitiu comunicado para, de forma geral, isentar as torcidas dos dois países, justificando as cenas de barbárie como sendo causadas por "uma minoria de idiotas".

"A Fifa condena fortemente qualquer forma de violência e acredita ser completamente inaceitável ver algumas vergonhosas cenas em torno de partidas de final, perpetuadas por uma minoria de idiotas causadores de confusão, que não têm nada a ver com o futebol e seus verdadeiros fãs. Eventos como a Eurocopa atraem milhões de pessoas de todo o mundo com a intenção de celebrar o futebol e aproveitar as partidas, e isso é como deveria ser", disse a entidade, em comunicado.

Já a Uefa garantiu que vai implementar "medidas corretivas" para garantir a segurança nos estádios da Eurocopa depois de torcedores da Rússia atacarem fãs da Inglaterra ao fim da partida entre os dois times no Velodrome, em Marselha, no sábado.

A entidade já abriu um procedimento disciplina contra a federação russa de futebol, pelos distúrbios e pelas práticas racistas dos torcedores da Rússia na partida. A Uefa expressou sua "repugnância pelos confrontos violentos que ocorreram no centro de Marselha, e está seriamente preocupada com os incidentes no final da partida". "Esse tipo de comportamento é totalmente inaceitável e não tem lugar no futebol", afirmou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.