Explosões deixam vários mortos na Síria

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, a maioria dos mais de 20 mortos nesta segunda-feira era das forças de segurança

Beirute - Várias explosões contra centros das forças de segurança em Idleb (noroeste da Síria) deixaram mais de 20 mortos nesta segunda-feira, a maioria militares, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), enquanto a televisão estatal noticiou oito vítimas fatais.

"Mais de 20 pessoas, a maioria membros das forças de segurança, morreram em fortes explosões que sacudiram a cidade de Idleb e tinham como alvos centros de segurança da cidade", afirma o OSDH em um comunicado.

A televisão oficial afirmou que as "explosões terroristas" provocaram oito mortes e deixaram dezenas de feridos, civis e membros das forças de segurança.

A emissora exibiu imagens de corpos e manchas de sangue, assim como edifícios atingidos e moradores desesperados.

"Esta é a liberdade que pedem? Onde está a liberdade?", questionaram alguns, enquanto outros gritavam "Deus, Síria, Bashar e é tudo!", o lema de apoio ao presidente Bashar al-Assad, que não reconhece a envergadura da rebelião no país e afirma lutar contra "grupos terroristas armados".

O OSHD também relatou uma explosão perto de Damasco, provocada ao que tudo indica por um carro-bomba, e citou vítimas, mas não divulgou um balanço preciso.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.