EUA pedirão reforço de segurança em aeroportos estrangeiros

Além desses pedidos, medidas de segurança em discussão incluem melhor visualização de bagagens nos maiores aeroportos dos EUA

Washington - O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos vai pedir o reforço da segurança, possivelmente nesta sexta-feira, em certos aeroportos estrangeiros que possuem voos diretos para os Estados Unidos, segundo reportagem da rede ABC News na quinta-feira, citando autoridades de aviação e do governo.

Além desses pedidos, medidas de segurança em discussão incluem melhor visualização de bagagens nos maiores aeroportos dos EUA, informou a rede de TV, citando as autoridades.

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse mais cedo na quinta-feira acreditar que há uma "possibilidade" de que uma tenha derrubado uma aeronave russa no Egito no sábado, matando mais de 200 pessoas.

"Sabemos que os procedimentos que temos aqui nos Estados Unidos são diferentes de alguns dos procedimentos existentes para voos internos e internacionais lá", disse Obama à rádio Kiro, afiliada à CBS News.

O Departamento de Segurança Interna dos EUA informou que não havia anúncios para realizar no momento em resposta a um pedido de comentários sobre a reportagem.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também