EUA interrompem exercício militar com Coreia do Sul

A interrupção dos exercícios militares se deve à tensão entre Seul e o regime norte-coreano, com trocas de ameças entre os dois lados

Washington - Autoridades da Defesa dos Estados Unidos afirmaram que o exercício anual realizado entre militares norte-americanos e tropas da Coreia do Sul foi interrompido. A notícia é dada em meio à tensão entre Seul e o regime norte-coreano, com troca de ameaças entre os dois lados.

As fontes dos EUA disseram que o país está monitorando a situação, mas não adotou nenhuma outra medida militar. Não está claro se os exercícios serão retomados posteriormente.

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, declarou nesta sexta-feira que suas tropas na linha de frente estão em "um estado de quase guerra" e determinou que elas se preparem para um combate com a Coreia do Sul, em resposta a uma troca de disparos de artilharia na fronteira entre as Coreias na quinta-feira.

O exercício militar anual entre os países começou na segunda-feira e deveria prosseguir até a próxima sexta-feira. As fontes norte-americanas pediram anonimato, pois não estavam autorizadas a discutir o assunto publicamente. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.