Espanha prende ex-líder do grupo separatista basco ETA

Harriet Aguirre Garcia é acusado do assassinato de um vice-prefeito espanhol em 2011

Madri - Um ex-líder do grupo separatista basco ETA foi preso nesta sexta-feira, segundo informou o Ministério do Interior da Espanha.

Harriet Aguirre Garcia, de 35 anos, é acusado do assassinato de um vice-prefeito espanhol em 2011. Em 2005, ele havia sido preso na França e deportado para a Espanha. Não ficou claro quando e porque ele foi libertado após esse episódio, nem o motivo da nova prisão.

O ETA, que em 2011 abandonou o uso da violência, é acusado da morte de 829 pessoas ao longo de quatro décadas de luta para a independência do País Basco, região localizada no norte da Espanha e sudoeste da França.

O grupo, que este ano disse que iria colocar todas as suas armas "fora de uso operacional", ainda é classificado como uma organização terrorista pela União Europeia e os Estados Unidos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.