Energia elétrica pode ser cortada em Manhattan e Brooklyn

''A companhia poderia ter de cortar seu serviço se o cabo elétrico subterrâneo for inundado pela água'', disse em nota

Nova York .- A empresa elétrica Con Edison, encarregada da maior parte da provisão de Nova York, advertiu que pode ser obrigada a cortar nesta segunda-feira de forma preventiva a eletricidade no sul da ilha de Manhattan e do bairro de Brooklyn devido ao furacão ”Sandy”.

”A Con Edison notificou seus clientes de Manhattan, desde a rua 36 até o extremo sul da ilha, que a companhia poderia ter de cortar seu serviço se o cabo elétrico subterrâneo for inundado pela água”, afirmou a companhia em comunicado postado em seu site.

O mesmo tipo de notificação foi enviada a seus clientes residentes no sul do bairro de Brooklyn e outras áreas ”suscetíveis a sofrer inundações” nos bairros de Queens e Bronx.

Em entrevista coletiva para explicar a situação na qual se encontra Nova York perante a iminente chegada de ”Sandy”, o prefeito, Michael Bloomberg, assegurou que pode ser que a Con Edison corte a provisão elétrica no sul de Manhattan e no sul de Brooklyn para proteger seus equipamentos.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.