Delegação dos EUA deve ir a funeral de Chávez, diz fonte

O presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou ter interesse em desenvolver uma "relação construtiva" com a Venezuela

Washington - Os Estados Unidos devem enviar nesta semana uma delegação ao funeral do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, num aparente gesto conciliatório após a morte do estridente líder antiamericano, disse uma fonte do governo.

A Embaixada dos Estados Unidos em Caracas está sem embaixador desde 2010, quando Chávez rejeitou uma nomeação de Washington. Isso levou o país a revogar a acreditação do embaixador venezuelano.

Em nota divulgada logo após o anúncio da morte de Chávez, na terça-feira, o presidente norte-americano, Barack Obama, se disse interessado em desenvolver uma "relação construtiva" com a Venezuela.

Uma fonte graduada do Departamento de Estado norte-americano disse sob anonimato que os Estados Unidos querem uma relação "mais funcional" com a Venezuela daqui por diante.

A fonte disse que ainda é cedo para dizer como a situação vai evoluir, mas afirmou que Washington planeja enviar uma delegação para o funeral de Chávez, na sexta-feira.

Detalhes sobre a composição da delegação serão anunciados pela Casa Branca.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.