Biden testa negativo para covid-19 dias após ter 'rebote' da doença

De acordo com sua agenda oficial, Biden viajará ao estado do Kentucky, que sofreu inundações devastadoras recentemente
O presidente americano, Joe Biden, faz um pronunciamento na Casa Branca (AFP/AFP)
O presidente americano, Joe Biden, faz um pronunciamento na Casa Branca (AFP/AFP)
D
Da redação, com agênciasPublicado em 06/08/2022 às 15:51.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, testou negativo em um exame neste sábado (6) para covid-19, poucos dias depois de ser diagnosticado pela segunda vez com a doença.

"O presidente continua se sentindo muito bem", afirmou o médico da Casa Branca, Kevin O'Connor,  em um comunicado. "Esta manhã, seu teste de antígeno SARS-CoV-2 foi negativo".

O chefe de Estado testou positivo pela primeira vez em 21 de julho e sofreu um efeito "rebote" da doença em 30 de julho, pouco mais de três dias depois de ser liberado para sair do isolamento. Casos de "rebote" após tratamento com um medicamento antiviral são considerados raros.

Biden foi tratado com o antiviral Paxlovid, além de Tylenol, acetaminofeno, inaladores e hidratação horal, para reduzir os sintomas. Droga da farmacêutica americana Pfizer contra a covid-19, o Paxlovid foi aprovado neste ano pela FDA, agência reguladora dos EUA.

O'Connor explica que a subvariante BA5 da Ômicron, que infectou Biden, é "particularmente transmissível".

Isolado na Casa Branca há uma semana, Biden pretende retomar suas viagens em breve.

De acordo com sua agenda oficial, o democrata viajará ao estado do Kentucky, que sofreu inundações devastadoras recentemente.

Leia também