Ban Ki-moon quer ampliar efetivo da ONU no Sudão do Sul

Com contribuições de efetivos de outras missões da ONU na África, reforço elevaria para pelo menos 12 mil número de soldados da Minuss no Sudão do Sul

Em carta ao Conselho de Segurança, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, recomendou nesta segunda-feira o envio de 5.500 soldados e 423 policiais extras para o Sudão do Sul, com o objetivo de reforçar a Missão das Nações Unidas (Minuss).

Com contribuições de efetivos de outras missões da ONU na África, esse reforço elevaria para pelo menos 12 mil o número de soldados da Minuss estacionados no Sudão do Sul, o país mais jovem do mundo à beira de uma guerra civil pelos confrontos entre Exército e rebeldes.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.