Avião cai no Irã e número de mortos chega a 66

O avião voava entre Teerã e a cidade de Yassuj; não há sobreviventes

Um avião iraniano que fazia um voo doméstico caiu neste domingo de manhã (18) na região montanhosa do sudoeste do Irã, sem deixar sobreviventes - anunciou um porta-voz da companhia aérea Aseman, acrescentando que o número de mortos chega a 66.

"Após a busca na zona onde o avião caiu, fomos informados de que todas as pessoas a bordo morreram", declarou o porta-voz da companhia, Mohamad Tabatabai, à televisão pública iraniana.

Viajavam na aeronave 60 passageiros, entre eles um menino, e seis membros da tripulação.

O avião, que voava entre Teerã e a cidade de Yassuj, "caiu na região de Semirom", cerca de 480 quilômetros ao sul da capital, declarou o chefe do Serviço Nacional de Emergências, Pirhosein Koolovand, às agências de notícias Isna e Fars.

Semirom e Yassuj se encontram nas montanhas de Zagros. Um helicóptero de resgate foi enviado para o local da queda, já que, "devido ao relevo montanhoso da região, é impossível enviar ambulâncias", explicou o porta-voz dos Serviços de Emergência, Mokhtaba Khaledi.

Citado pela Isna, o presidente da Comissão sobre Segurança Nacional e Política Externa do Parlamento iraniano, Alaedin Boruyerdi, trata-se de um avião da marca ATR, da Aseman Airlines.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.