• BVSP 121.113,93 pts +0,0%
  • USD R$ 5,5648 -0,0238
  • EUR R$ 6,6970 +0,0006
  • ABEV3 R$ 15,8 +0,00%
  • BBAS3 R$ 29,77 +0,00%
  • BBDC4 R$ 23,727272 +0,00%
  • BRFS3 R$ 23,59 +0,00%
  • BRKM3 R$ 49,98 +0,00%
  • BRML3 R$ 9,79 +0,00%
  • BTOW3 R$ 68,2 +0,00%
  • CSAN3 R$ 90,8 +0,00%
  • ELET3 R$ 35,55 +0,00%
  • EMBR3 R$ 15,81 +0,00%
  • Petróleo US$ 66,59 -0,27%
  • Ouro US$ 1.779,70 -0,03%
  • Prata US$ 26,05 -0,23%
  • Platina US$ 1.216,50 +0,65%

Dólar tem maior queda de 2020 após alívio no cenário externo

O dólar à vista fechou em queda de 0,71%, a 4,176 reais na venda

São Paulo — O dólar teve nesta quarta-feira a maior queda percentual diária de 2020, voltando à casa de 4,17 reais em ajuste depois de na véspera ter fechado acima do patamar psicológico de 4,20 pela primeira vez desde o começo de dezembro.

A queda do dólar no Brasil nesta sessão espelhou o movimento contra outras divisas emergentes, em dia de alívio nos mercados globais pelo entendimento de que a China está empenhada em conter o surto de um novo vírus que já matou 17 pessoas no país asiático e infectou mais de 540.

O dólar à vista fechou em queda de 0,71%, a 4,176 reais na venda. É a maior desvalorização percentual diária desde 30 de dezembro do ano passado (-0,91%). Na B3, o dólar futuro tinha baixa de 0,82%, a 4,1805 reais.

O dólar cedia frente a várias divisas emergentes pares do real nesta sessão, com destaque para peso mexicano e rand sul-africano.

Na véspera, a moeda havia subido para 4,2060 reais, máxima desde 2 de dezembro, entre os piores desempenhos do dia e liderando as perdas no ano.

Para Italo Lombardi, estrategista sênior para mercados emergentes do Crédit Agricole em Nova York, a performance mais fraca do real neste começo de ano está chegando ao limite, e uma virada e alguma recuperação são esperadas para os próximos meses.

Lombardi recomendou compra de opções de venda (put) de três meses de euro/real com preço de exercício (strike) em 4,620 reais por euro e barreira em 4,400 reais por euro.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.