Renault cede a consumidora após reclamação online

Depois de criar site MeuCarroFalha e postar vídeos no YouTube, cliente conseguiu acordo com montadora

São Paulo - Mais uma vez as redes sociais mostram que não podem ser ignoradas. Depois de fazer barulho na internet por causa de um problema que já arrastava há anos com seu carro, uma cliente da Renalut conseguiu fazer um acordo da montadora.

O caso surgiu em fevereiro deste ano, quando Daniely de Andrade Argenton criou o site MeuCarroFalha e gravou vídeos para alardear críticas contra a montadora. Segundo ela, o carro do modelo Mégane foi comprado cerca de 4 anos atrás e, desde então, não tem condições de uso. Ela alegava ter entrado em contato com a assistência técnica por várias vezes, mas o esforço fora em vão.

Daniely chamou tanta atenção com sua atuação no Twitter, Facebook e YouTube que a Renault entrou com uma ação judicial que obrigou sua própria cliente a acabar com os canais de comunicação que expuseram a marca negativamente.

Mas na última terça-feira (22) um acordo foi acertado entre as partes e a montadora aceitou devolver o dinheiro que Daniely gastou com o carro e com outros danos. 

No site usado para expor o caso, a cliente diz ter incluído no acordo um automóvel Clio, que será doado à AACD - Associação de Assistência à Criança Deficiente, "em agradecimento ao apoio (...) que resultou em mais de 700.000 mil acessos ao site".

"Espero ter contribuído com um bom exemplo, de defesa do meu direito de consumidora e de persistência", afirma Daniely.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.