Lu, da Magalu, chega ao TikTok, aparece como nunca antes e faz desafios

Lu, Magazine Luiza, chega ao TikTok nesta sexta-feira. Os conteúdos serão postados no perfil da varejista e de outros famosos da rede
 (Magalu/Divulgação)
(Magalu/Divulgação)
M
Marina FilippePublicado em 07/08/2020 às 09:29.

Na sexta-feira, 07, a Lu, influenciadora virtual do Magazine Luiza, estreia no TikTok. A entrada do Magalu na rede busca aproximar mais a marca de uma audiência jovem. "Diferente de outras redes, essa não tem um conteúdo tão institucional e será uma importante ação para se conectar com os fãs, especialmente da geração Z", diz Pedro Alvim, gerente de redes sociais e marketing de influência do Magalu.

Segundo o executivo, a Lu aparecerá de forma inédita na plataforma, se movimentando e participando de desafios virais. A ideia é também fazer um conteúdo que mostre produtos disponíveis no aplicativo do Magazine Luiza.

O lançamento será feito no perfil da criadora de conteúdo, Leticia Gomes (@leticiafgomes), que dessa vez, se transformará na Lu. A maquiadora artística, que tem 4 milhões de seguidores na plataforma, é famosa por se transformar em celebridades. Para isso, ela usará produtos da Época Cosméticos, empresa do grupo Magalu. Um perfil oficial da varejista também será lançado.

"Temos muitos talentos despontando dentro da plataforma no Brasil. Mapeamos e convidamos tiktokers para co-criarem conteúdos com o nosso time, que ficarão disponíveis tanto nos perfis deles como no perfil oficial do @magalu", diz Alvim.

O Magazine Luiza já possui 2 milhões de inscritos no Youtube, 13 milhões de fãs no Facebook e 3,6 milhões no Instagram, e há tempos estuda os conteúdos do TikTok para participar das conversas da melhor forma. Alvim, por exemplo, esteve no escritório da rede social há dois anos. Além disso, novas técnicas foram desenvolvidas e utilizadas para que a Lu ganhe movimentos nos vídeos.

Negócios

Nesta quinta-feira, 6, o Magalu anunciou a compra das empresas Unilogic Media Group e Canal Geek Internet (Canaltech) e da plataforma Inloco Media, com a novidade a varejista deve gerar conteúdo, tráfego e conversão em vendas online e offline, podendo se tornar um dos maiores polos de comércio do mundo, no estilo da Amazon e Alibaba.