Gigante do varejo é acusada de “body-shaming“ por dizeres em prato

Conjunto de pratos da loja de departamento norte-americana Macy´s associava tamanho de porções a diferentes medidas de calça jeans

São Paulo - A varejista Macy´s, uma das mais tradicionais lojas de departamento norte-americanas, foi acusada de “body-shaming“, expressão em inglês usada para designar a imposição de padrões de beleza, que geram “vergonha do próprio corpo".

A polêmica começou quando uma cliente da loja postou nas redes sociais a foto de um conjunto de pratos que associava o tamanho das porções a diferentes medidas de calça jeans. 

Os dizeres sugeriam que quanto menos uma pessoa come, mais magra é e, por isso, pode usar modelos de calça skinny, associado ao menor círculo desenhado no prato.

Do contrário, quanto mais uma pessoa come, maior a chance de engordar e usar "jeans para mamãe" (mom jeans), representado pelo maior círculo.

A foto rapidamente viralizou nas redes sociais e vários usuários criticaram o produto por entender que ele induzia os comensais a reduzir suas porções de alimento para usar calças de menor numeração.

O caso ganhou força quando a atriz e ativista britânica Jameela Jamil (famosa por seu papel na série “The Good Place”, da Netflix) compartilhou a imagem na sua conta pessoal no Twitter no último domingo (21). 

Ontem, em resposta ao post da atriz, a Macy´s fez uma retratação pública e informou que removeu todos os jogos de pratos de suas lojas nos EUA.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Os pratos foram assinados pela marca Pourtions, que ainda mantém um e-commerce com os produtos. Segundo a descrição da loja online, o jogo de prato foi criado para "evitar que você abuse demais" e traz "dicas visuais úteis e hilariantes" para "apimentar a sua mesa de jantar e a conversa". 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.