A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Como a diferença de gerações muda os hábitos no mundo online

Estudo mostra como as campanhas são efetivas em diferentes meios e gerações e como cada faixa etária consome TV, internet, rádio e jornais

São Paulo – Ser de uma geração e não de outro altera totalmente o modo como se consome notícias e conteúdos na era digital.

Um novo estudo da TNS Brasil mostra, com dados sólidos, as grandes diferenças de comportamento entre os baby boomers (entre 46 e 65 anos), a geração X (entre 31 e 45 anos) e a geração Y, os millennials (entre 16 e 30 anos).

A pesquisa "Connected Life" foi feita em 50 países e entrevistou mais de 60 mil pessoas.

Os números mostram que os millennials passam 3,2 por dia em seus celulares, o que dá cerca de 49 dias em um ano.

Eles ainda priorizam as mídias sociais. 63% deles usam diariamente.

Já em gerações mais antigas, o hábito de consumir meios tradicionais é maior, como assistir à televisão e ler jornais impressos.

Confira:

Diferença de gerações: dados do estudo da TNS Brasil mostra consumo na era digital (Reprodução)

Os números mostram que, em comparação com a geração de seus pais, os millennials passam menos horas consumindo TV, rádio e jornal.

Por outro lado, consomem mais vídeos, mídias sociais e conteúdo pelo celular.

Fazendo a comparação com a geração imediatamente anterior, a geração X, não há grandes diferenças. Apenas no quesito redes sociais que os mais jovens, novamente, se destacam.

Propagandas efetivas

O estudo ainda mostra como as campanhas atingem diferentes públicos que usam diversos meios.

Campanhas digitais são mais efetivas em todas as faixas etárias.

Por exemplo, para os mais jovens (16-24), PC e mobile respondem, cada um, por 34,4% da efetividade. Bem mais que o meio impresso (1,8%).

Já entre a geração de 45-54 anos, a efetividade do meio digital ainda é alta, mas o poder da televisão cresce bastante (24,2% no total) e se destaca.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também