Campanha de Natal da Perdigão considerada racista causa polêmica

Propaganda veicula nas redes sociais da marca mostra uma família negra no papel de necessitada e uma família branca na posição de provedora

As questões raciais têm sido cada vez mais colocadas em pauta no mundo atual. Diversos movimentos surgiram com o objetivo de lutar pela equidade, sendo assim, diversas marcas aderiram essa luta em suas campanhas, como o Boticário em sua propaganda de Dia dos Pais deste ano (confira aqui), mas nem sempre elas acertam.

A Perdigão em sua campanha de Natal está causando polêmica nas redes sociais por colocar uma família negra, os Silva, no papel de necessitada e uma família branca, os Oliveira, na posição de provedora.

A ação gira em torno do fato de que quando uma família compra um chester da marca, outro é doado para uma família necessitada. A porta-voz da família negra agradece pela oportunidade de “ter uma ceia de natal que eles apenas imaginavam”, enquanto o senhor branco do lado oposto explica como funciona a doação do alimento e como isso pode ajudar outras famílias que não possuem as mesmas condições deles.

Além do mais, os cenários em que ambas aparecem é muito diferente. Os Silva aparecem em uma residência mais simples e decorada de forma humilde, enquanto os Oliveira apresentam-se em uma residência luxuosa, repleta de luzes de natal e com uma mesa cheia das mais variadas comidas.

Em nota à imprensa, a empresa lamenta a repercussão e diz que não tinha intenção de reforçar estereótipos de raça.

“A Perdigão lamenta que a campanha publicitária de Natal tenha ofendido qualquer um de nossos consumidores. Nunca foi essa a nossa intenção. Falar de generosidade é, para nós, uma forma de união e agradecimento a todos os nossos consumidores, que há três anos colaboram para o Natal de mais de 6 milhões de pessoas, independente de cor, gênero, raça ou religião. É nisso que acreditamos”.

Confira o filme:

*Este conteúdo foi publicado originalmente no AdNews.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.