Caixa Econômica Federal deixa de patrocinar Corinthians

Clube e banco não conseguiram entrar em acordo sobre renovação do patrocínio, e parceria deve terminar

São Paulo - Termina nesta quarta-feira a parceira iniciada em 2012 entre Corinthians e Caixa Econômica Federal. Banco e clube não entraram em acordo e, por isso, o contrato de patrocínio não será renovado.

A informação foi publicada pela revista Veja e confirmada pela reportagem do jornal O Estado de S.Paulo.

A Caixa queria manter os R$ 30 milhões por ano que vinha pagando desde o início do parceria, mas o Corinthians exigia aumento para ampliar o vínculo por mais uma temporada.

A diretoria alega ter propostas melhores do que a da Caixa. A expectativa é receber R$ 40 milhões pelo patrocínio master.

Hoje, o Corinthians tem outros três patrocinadores no uniforme: omoplata (Winnerplay), número (TIM) e calção (Special Dog). A meta do departamento de marketing é arrecadar um total de R$ 60 milhões por temporada com o uniforme.

Com o fim do vínculo com o Corinthians, o Flamengo passa a ser o clube com o maior contrato de patrocínio com a Caixa. O time rubro-negro recebe R$ 25 milhões por ano.

A Caixa Econômica Federal investirá R$ 83 milhões em patrocínios a dez clubes brasileiros neste ano. A novidade é a inclusão de Cruzeiro e Atlético Mineiro na lista de clubes patrocinados pelo banco estatal. A saída do Corinthians pode abrir espaço para outros clubes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também