Marketing

As 60 marcas mais valiosas do Brasil em 2019 — Skol perde trono

Bradesco assume a liderança do ranking, com valor de US$9,4 bilhões. Skol cai para terceiro lugar e Magazine Luiza brilha no varejo com alta de 276%

Bradesco: banco viu seu valor de marca crescer  35%. (Adriano Machado/Bloomberg)

Bradesco: banco viu seu valor de marca crescer 35%. (Adriano Machado/Bloomberg)

Vanessa Barbosa

Vanessa Barbosa

Publicado em 2 de junho de 2019 às 12h23.

Última atualização em 5 de junho de 2019 às 15h24.

São Paulo - As 60 marcas mais valiosas do Brasil somam US$ 69,9 bilhões em 2019, um alta de 11% em relação ao ano passado, segundo a nova edição do ranking BrandZ Brasil, realizado pela WPP e a Kantar.

Desbancando a liderança de seis anos consecutivos da cerveja Skol, o banco Bradesco lidera a lista como a marca mais valiosa do país, com US$ 9,4 bilhões em 2019, um aumento vertiginoso de valor em 35% ante os US$ 7 bilhões de 2018. No segundo lugar do ranking, subindo uma posição, aparece o Itaú, com valor de marca estimado em US$ 8,3 bilhões.

Apesar de despencar duas posições, a Skol se mantém como a cerveja mais valiosa do Brasil, com US$ 7,2 bilhões, uma queda de 12% ante 2018. A variação negativa de valor acompanha outras marcas do setor cervejeiro, como Brahma (-16%), Antarctica (-10), Bohemia (-19%) e Schin (-3%). 

"O consumo de cervejarias artesanais aumentou muito, e elas estão tirando vantagem em percepção de marca. Ambev e Skol perderam um pouco de espaço nesse processo. Além disso, vemos que as mulheres começam a se destacar no mercado de consumo de cerveja, optando por marcas artesanais", diz ao site EXAME o diretor executivo da Kantar Brasil, Eduardo Tomiya.

O salto do varejo

Além das instituições financeiras, outro setor que puxou a alta da valorização das marcas foi o varejo. Em particular, três empresas brilharam: Magazine Luiza (7º lugar)com crescimento de 276% em valor de marca — maior  incremento entre todas as listadas no Top60;  a rede varejista de moda Renner (9º), que aumentou o valor da sua marca em 132%; e as Lojas Americanas (16º), com alta de 23%.

Para Tomiya, a experiência omnichannel, com integração entre off e online, foi determinante para o sucesso do setor varejista, nos casos do Magazine Luiza e Lojas Americanas. Já para a Renner, melhorar a experiência do consumidor fez toda a diferença: a rede investiu em atendimento em numa nova disposição dos produtos nas lojas, entre outras estratégias.

"No cenário econômico complicado que o Brasil atravessa, com projeção de crescimento do PIB em queda, essas empresas  promoverem novas experiências e se mostraram capazes de se reinventar. Marcas que reagem mais rápido à crise tendem a se valorizar mais", avalia o especialista.

A metodologia do ranking das marcas mais valiosas levam em consideração o valor financeiro (dados bolsa e da Bloomberg), além do valor de contribuição de marca: proporção do valor financeiro de uma marca gerado por sua capacidade de aumentar o volume de compra e carregar um premium price (metodologia Kantar).

Veja o ranking completo das 60 marcas mais valiosas do Brasil:

MarcasCategoryBrand Value 2019 (em US$ milhões)Brand Value 2018Brand Value Change
1BradescoFinancial Institution9.4687.01835%
2ItaúFinancial Institution8.3686.19835%
3SkolBeer7.2538.263-12%
4BrahmaBeer3.7814.478-16%
5GloboTV Stations3.6244.318-16%
6AntarcticaBeer2.6722.977-10%
7Magazine LuizaRetail2.287609276%
8PetrobrasEnergy2.002788154%
9RennerRetail1.903820132%
10AmilHealthcare1.840706160%
11NaturaCosmetics1.5211.35013%
12YpêHome Care1.3951.3990%
13SadiaFood1.3391.469-9%
14BohemiaBeer1.3021.605-19%
15IpirangaRetail1.2841.2651%
16Lojas AmericanasRetail1.2571.02523%
17YpiócaSpirits1.004413143%
18VivoCommunication Providers99087413%
19EmbratelCommunication Providers9441.140-17%
20Banco do BrasilFinancial Institution80642590%
21NetCommunication Providers777939-17%
22LocalizaCar Rental73643769%
23DrogasilDrugstores719757-5%
24Porto SeguroInsurance686922-26%
25B3Stock Exchange66842557%
26Droga RaiaDrugstores6315897%
27SearaFood61252816%
28SchinBeer604622-3%
29Netshoese-coomerce4694690%
30CVCTravel Agency461464-1%
31TotvsInformation Technology45831346%
32CieloCredit Cards454634-28%
33Pão de AçúcarRetail452768-41%
34Casas BahiaRetail452472-4%
35SuvinilPainting39829236%
36IguatemiRetail383595-36%
37SBTTV Stations338375-10%
38CaixaFinancial Institutions327790-59%
39BauduccoFood3253250%
40GolAirline32324433%
41EstacioEducation3183132%
42BuscapéTechnology31828412%
43HavaianasFashion284474-40%
44FleuryHealthcare278327-15%
45SmilesLoyalty Programs266660-60%
46ArezzoFashion258327-21%
47DorflexPainkiller2582474%
48TigreConstruction2572570%
49PerdigãoFood256331-23%
50ExtraRetail236337-30%
51VigorFood229265-14%
52HeringFashion21318714%
53MultiplusLoyalty Programs197344-43%
54Sul AméricaHealthcare194-N/A
55RiachueloRetail192-N/A
56AssaíRetail191-N/A
57VitarellaFood186281N/A
58AnhangueraEducation181458-61%
59AdriaFood165-N/A
60Ponto FrioRetail126-N/A
Total TOP 60 of each year69.91063.19211%

 

Acompanhe tudo sobre:AmilBancosBradescoBrahmaCervejasGloboItaúMagazine LuizaMarcasPetrobrasRankingsRennerSkolVarejo

Mais de Marketing

Morre aos 80 anos Jaques Lewkowicz, fundador da agência Lew'Lara

Os times de futebol mais valiosos do Brasil e do mundo em 2024

As 10 marcas mais inclusivas do mundo, segundo pesquisa; Google lidera ranking

Igor Puga é o novo CMO da Zamp, dona do Burger King e Popeyes

Mais na Exame