Valor mínimo da TED cai para R$ 1 mil

Operação de transferência de valores que ocorre mesmo dia pode ser feita agora para quantias de no mínimo mil reais; antes valor mínimo era de 2 mil reais

São Paulo – O valor mínimo para a realização de uma Transferência Eletrônica Disponível (TED) caiu de 2 mil reais para mil reais. A TED é a operação na qual o valor entra na conta do destinatário no mesmo dia em que a transferência é realizada.

No caso de outras operações, como o Documento de Crédito (DOC), é preciso aguardar pelo menos um dia para que a transferência seja concluída. O DOC é usado para transferências abaixo de mil reais que se limitem a 5 mil reais por transação.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), os valores mínimos da TED têm sido reduzidos ao longo dos anos, passando de 5 mil reais para 3 mil reais em 2010, depois para 2 mil reais em novembro de 2012 e, agora, para mil reais. 

As tarifas da TED variam de banco para banco e os preços praticados por cada instituição podem ser consultados no Sistema de Divulgação de Tarifas de Serviços Financeiros (STAR), no site da FEBRABAN

A TED permite ao cliente realizar transferências de valores, sem que seja necessário o saque em espécie. A operação pode ser feita pelo internet banking ou pelos outros canais eletrônicos de autoatendimento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.