Minhas Finanças

TOV repete saldão de dólar e euro, e inclui libra

Corretora realiza segunda edição da promoção de Carnaval, negociando moeda abaixo do preço de mercado

Pela primeira vez, TOV inclui libra esterlina em seus saldões de moeda estrangeira (Ben Stansall/AFP)

Pela primeira vez, TOV inclui libra esterlina em seus saldões de moeda estrangeira (Ben Stansall/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 7 de fevereiro de 2012 às 14h38.

São Paulo – A corretora de câmbio da TOV faz, nesta quarta-feira, novo saldão de moedas estrangeiras, entre as 13h e as 16 horas. Dólares, euros e libras do segmento turismo serão vendidos abaixo do preço de mercado. A promoção de Carnaval é um repeteco do saldão realizado no dia 2 de fevereiro. Esta é a quarta vez que a TOV realiza saldão de moedas estrangeiras.

Com base nas cotações desta terça-feira, o dólar será vendido a 1,78 real, o euro a 2,35 reais e a libra por 2,90 reais. Nesta terça, o dólar turismo para quem quer comprar moeda estrangeira está sendo negociado a 1,83 real, o euro turismo a 2,41 reais e a libra turismo a 2,94 reais. Caso os preços praticados no mercado na hora da promoção estejam abaixo dos valores fixados pela TOV, a corretora derrubará suas cotações ainda mais.

Não há limite de compra por CPF, mas a promoção só é válida para quem adquirir a moeda na modalidade de cartão pré-pago Cash Passport, que será entregue por motoboy no sistema delivery da TOV. Para comprar moeda na promoção, basta acessar o site da corretora e verificar o escritório mais próximo. Não é preciso ter conta na corretora, apenas cadastrar-se via internet e fornecer cópia de RG, CPF e comprovante de residência.

Acompanhe tudo sobre:CâmbioCorretorasDólarEuroLibra esterlinaMoedasViagensviagens-pessoais

Mais de Minhas Finanças

Mega-Sena acumulada: quanto rendem R$ 53 milhões na poupança

Bancos brasileiros apresentam instabilidade após 'apagão cibernético' desta sexta-feira

Bolsa Família paga hoje para quem tem NIS final 2

Veja o resultado da Mega-Sena concurso 2750: prêmio acumulado é de R$ 45 milhões

Mais na Exame