Acompanhe:

Golpistas especializados em crimes cibernéticos criaram um falso aplicativo para tentar induzir os usuários a acreditarem que se tratava do Sistema Valores a Receber (SVR) do Banco Central (BC). Cuidado, é golpe! O BC enfatiza que não possui aplicativo e, para consultar os valores, é necessário entrar diretamente no site oficial do governo.

“O único site onde você pode consultar e saber como solicitar a devolução dos seus valores, da sua empresa ou de pessoas falecidas é o https://valoresareceber.bcb.gov.br. Todos os serviços do Valores a Receber são totalmente gratuitos. Não faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores”, orienta a instituição.

Segundo internautas, é justamente na parte gratuita que os criminosos agem: nas falsas plataformas, eles solicitam uma taxa para o usuário conseguir resgatar o dinheiro que tem a receber. Além disso, eles entram em contato por meio de links e SMSs para conseguir, de maneira criminosa, informações pessoais dos usuários.

“O Banco Central não envia links nem entra em contato com você para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais. Somente a instituição que aparece no Sistema de Valores a Receber é que pode te contatar e ela nunca vai pedir sua senha. Não clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram”, continua a informação do BC.

Leia também:

Aplicativo foi removido

À EXAME Invest, a Google Play - local onde o falso aplicativo era encontrado - informou que o respecitvo app já foi removido e, por violar as políticas públicas da instituição, foi banido. “Nossa plataforma tem um conjunto robusto de políticas destinadas a manter os usuários seguros e que todos os desenvolvedores devem seguir. Por exemplo, não permitimos apps que exponham usuários a produtos financeiros enganosos e nocivos”, informa em nota.

A Google Play também enfatiza que a empresa conta com uma força-tarefa de funcionários que revisam o conteúdo, além de inteligência de máquina e relatórios de usuários para identificar conteúdo impróprio. “Nossos usuários também são protegidos pelo Google Play Protect, que avisa os usuários ou bloqueia aplicativos maliciosos identificados em dispositivos Android.”

Caso uma pessoa acredite ter encontrado um app que seja enganoso, deve denunciá-lo no Google Play por meio da página do aplicativo. Para isso, é necessário clicar no botão de três pontos e depois em 'Sinalizar como impróprio’.

Anúncios falsos do Facebook

Também circula nas redes sociais falsos anúncios sobre o Sistema Valores a Receber. Ao clicar, o anúncio redireciona o usuário para um site que imita a identidade visual do Banco Central, com uma inteligência artificial (IA) que afirma “esse é um canal oficial do governo, seus dados estão seguros”.

Ao prosseguir com a conversa, internautas relatam que a IA afirma que a pessoa tem X valor a receber, mas, para conseguir o depósito, precisa pagar uma taxa para. À reportagem, a Meta (dona do Facebook) pontua que atividades que tenham como objetivo enganar, fraudar ou explorar terceiros não são permitidas na plataforma e as equipes estão empenhadas em aprimorar a tecnologia para combater atividades suspeitas.

Caso o usuário se depare com esses anúncios, a recomendação é que as pessoas denunciem os conteúdos através do próprio aplicativo. Dessa forma, contas que violam as políticas da plataforma podem ser removidas.

Confira as últimas notícias de Invest:

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Picchetti: Brasil está sendo encarado como exemplo na inclusão financeira
Economia

Picchetti: Brasil está sendo encarado como exemplo na inclusão financeira

Há 2 dias

Governo aprova nova queda de juros do empréstimo consignado para beneficiários do INSS
Economia

Governo aprova nova queda de juros do empréstimo consignado para beneficiários do INSS

Há 3 dias

Golpe do “falso investimento”: entenda como os golpistas agem para evitar a fraude
seloMinhas Finanças

Golpe do “falso investimento”: entenda como os golpistas agem para evitar a fraude

Há 3 dias

Drex: lançamento do real digital pode atrasar, aponta coordenador do Banco Central
Future of Money

Drex: lançamento do real digital pode atrasar, aponta coordenador do Banco Central

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais