Minhas Finanças

Brasileiro é consumista quando viaja ao exterior

Usuários do cartão pré-pago da Amex preferem gastar no varejo e em cidades propícias para fazer compras

A Amex aumentou os limites e a rede de distribuição de seus cartões pré-pagos de viagem (Getty Images/Getty Images)

A Amex aumentou os limites e a rede de distribuição de seus cartões pré-pagos de viagem (Getty Images/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 23 de novembro de 2011 às 14h15.

São Paulo – Levantamento da American Express divulgado nesta quarta-feira mostra que, ao viajar, o brasileiro gosta mesmo é de gastar fazendo compras. O perfil foi traçado a partir de dados de consumo de clientes do GlobalTravel Card, cartão pré-carregado em moeda estrangeira da Amex, que funciona como cartão de débito no exterior.

A personalidade consumista é evidenciada pelo perfil predominante entre os clientes do cartão: 56% foram classificados na categoria “consumidores ávidos”, pois gastam quase toda a quantia carregada no cartão no varejo. Apenas 28% são “viajantes familiares”, que utilizam o plástico predominantemente em hotéis e restaurantes, além do varejo. E só 16% pertencem ao grupo dos mais equilibrados, o de “uso misto”, que também inclui outros itens, como entretenimento.

Os destinos preferidos do usuário do Amex GTC também evidenciam o gosto pelas compras. Para os cartões carregados em dólar, Orlando e Miami, na Florida, foram os dois destinos mais populares. A Florida é o estado americano mais visitado pelos brasileiros, e não apenas pela facilidade de voos diretos ou pelos parques da Disney, mas também pela oferta de bons centros de compras e de impostos baixos ao consumidor. O percentual do valor do cartão pré-pago gasto no varejo dessas cidades foi de 77% e 76%, respectivamente.

Os produtos mais procurados pelos brasileiros lá fora são eletrônicos, roupas e outros artigos pessoais, como maquiagens e cosméticos. O valor médio carregado nos cartões, emitidos em sua maioria em dólar, tem sido de 3.000 dólares. Lançado em março deste ano, o cartão pré-pago da Amex teve seus limites de carregamento por CPF dobrados em novembro, para 20.000 dólares, 17.000 euros ou 12.000 libras, num valor máximo de 60.000 reais em 12 meses.

Cartões pré-carregados em moeda estrangeira são a opção mais segura de transportar dinheiro em viagens, além de serem mais baratos que os cartões de crédito. O Amex GlobalTravel Card é atualmente vendido no Bradesco, no Itaú e no Safra, mas existem ainda as opções do Banco Rendimento (Visa TravelMoney) e Mastercard (Cash Passport), distribuídos em uma série de casas de câmbio.

Acompanhe tudo sobre:American ExpressCâmbiocartoes-de-debitoDólarEmpresasEmpresas americanasEuroLibra esterlinaMoedasViagensviagens-pessoais

Mais de Minhas Finanças

Veja o resultado da Mega-Sena concurso 2751: prêmio acumulado é de R$ 51,9 milhões

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 53 milhões

Mega-Sena acumulada: quanto rendem R$ 53 milhões na poupança

Bancos brasileiros apresentam instabilidade após 'apagão cibernético' desta sexta-feira

Mais na Exame