Minhas Finanças

Banco do Brasil permitirá financiar veículos pelo celular

Aplicativo vai oferecer taxas de juros personalizadas para clientes do banco. Objetivo é oferecer aos clientes uma alternativa às propostas das concessionárias


	Homem segurando celular: Objetivo é oferecer uma opção à proposta da concessionária
 (Getty Images)

Homem segurando celular: Objetivo é oferecer uma opção à proposta da concessionária (Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 12 de novembro de 2014 às 17h54.

São Paulo - O Banco do Brasil (BB) lança até sexta-feira (14) o aplicativo Financie Seu Veículo, que permitirá a clientes do banco simular os custos do financiamento do carro na instituição financeira e contratar o crédito diretamente pelo celular. 

O aplicativo poderá ser baixado em aparelhos com sistema iOS e Android. Para acessá-lo, o cliente deverá inserir o número da agência e a conta corrente no banco.

Para fazer a simulação, o cliente precisará apenas informar o valor do carro, novo ou usado, que deseja comprar.

Até o final deste ano, o app permitirá apenas simular os custos do empréstimo. A contratação do financiamento pelo celular só será possível a partir do ano que vem. 

Quando a opção estiver disponível, para realizar a operação será necessário enviar uma foto da nota fiscal da compra do veículo.

O Banco do Brasil não oferece financiamentos dentro das concessionárias de veículos. Normalmente, os financiamentos de carros são oferecidos pelos bancos das próprias montadoras.

Portanto, o lançamento do aplicativo é uma estratégia usada pelo banco para ampliar a competição na modalidade de crédito.

"Como as compras de veículos são geralmente feitas durante o final de semana, quando o banco está fechado, o financiamento pelo aplicativo é um modo de nos aproximarmos do cliente e não perdermos a compra”, diz Edmar Casalatina, diretor de empréstimos e financiamentos do BB.

Condições personalizadas 

As taxas de juros praticadas nos financiamentos do BB serão definidas de acordo com o perfil de cada cliente, baseadas em seu histórico de crédito, nível de consumo de serviços, porcentual de entrada no financiamento e tempo de relacionamento com o banco.

Segundo Casalatina, a taxa proposta pelo celular será a menor que o banco pode oferecer para o cliente. Ou seja, não será possível negociar o valor posteriormente nas agências. 

O direitor de empréstimos do BB diz que o banco oferece uma taxa de juros média de 1,5% para financiamento de veículos, que pode chegar a 0,97%, de acordo com o perfil do cliente.

O banco não cobra taxa de cadastro, registro e abertura do crédito nessas operações. “Conseguimos oferecer descontos e juros competitivos porque não pagamos taxas para as concessionárias”, conta o executivo.

No aplicativo, o cliente pode escolher a quantidade de parcelas do financiamento. O prazo mínimo oferecido pelo BB é de 12 meses e o máximo é de 60 meses.

O aplicativo também inclui dicas sobre como comparar os custos de financiamentos oferecidos por bancos e financeiras. Ele explica, por exemplo, como avaliar o Custo Efetivo Total (CET) da operação, que inclui, além dos juros, taxas extras cobradas por serviços durante a operação.

 
Acompanhe tudo sobre:aplicacoes-financeirasAppsAutoindústriaBancosBB – Banco do BrasilCarrosCréditoEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasFinançasfinanciamentos-pessoaisVeículos

Mais de Minhas Finanças

PIS/PASEP 2024: abono salarial tem novo pagamento nesta segunda; veja como sacar

Mercado de fidelização cresce 13,6% no primeiro trimestre de 2024 com recorde de troca de milhas

Veja o resultado da Mega-Sena concurso 2748: prêmio acumulado é de R$ 14,6 milhões

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 15 milhões neste sábado; veja como apostar

Mais na Exame