Acionista da Tesla (TSLA34) pede recompra de ações após derrocada no preço

O bilionário Leo Koguan, o terceiro maior acionista individual da Tesla, quer que a empresa adquira papéis por US$ 15 bilhões.
 (Reuters/Michele Tantussi)
(Reuters/Michele Tantussi)
Por Carlo CautiPublicado em 19/05/2022 08:23 | Última atualização em 19/05/2022 08:23Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Um dos maiores acionistas da Tesla (TSLA34) está pedindo publicamente que a empresa realize uma recompra de ações, após a derrocada dos preços dos últimos meses.

O bilionário Leo Koguan, que afirma ser o terceiro maior acionista individual da Tesla, quer que montadora anuncie uma recompra de ações de pelo menos US$ 15 bilhões (cerca de R$ 75 bilhões), à medida que o preço das ações da empresa continua caindo.

Koguan escreveu uma mensagem no Twitter para Martin Viecha, diretor sênior de relações com investidores da Tesla, na qual disse que a montadora de carros elétricos deveria anunciar imediatamente a recompra de US$ 5 bilhões em ações este ano e US$ 10 bilhões no próximo.

O investidor acrescentou que a Tesla deve usar seu fluxo de caixa livre para financiar a recompra.

Segundo ele, a operação não deveria afetar suas reservas de caixa, que atualmente são de US$ 18 bilhões.

Koguan investiu pesado na Tesla no início da pandemia de coronavírus (Covid-19), ganhando bilhões com a valorização das ações da montadora de veículos elétricos.

Ele chegou a declarar que se considerava um "fã de Elon Musk", e que o CEO da Tesla era "a única pessoa que eu realmente respeita na Terra”.

Ações da Tesla (TSLA34) em queda livre

As ações da Tesla caíram mais de 6% no pregão da última quarta-feira (18) na Nasdaq.

Nos últimos 12 meses, as ações da montadora caíram mais de 40%.

A recompra de ações é um método utilizado por uma empresa para sustentar o preço de um papel na Bolsa de Valores.

Mas pode ser também utilizado como instrumento de devolução de capital para os acionistas. Um método alternativo ao pagamento de dividendos, com uma vantagem tributária.

No ano passado, as recompras de ações no mercado dos Estados Unidos atingiram um recorde de US$ 850 bilhões.

A Apple (APPL34), a Alphabet (GOGL34) - dona do Google - e a Meta (FBOK34) foram as que mais recompraram ações.

Musk vende Tesla para comprar Twitter

O CEO da Tesla, Elon Musk, chegou a vender US$ 8 bilhões em ações da montadora nas últimas semanas.

A operação teria sido realizada para obter caixa e poder assim adquirir o Twitter (TWTR34), cuja compra vai custar US$ 21 bilhões.

Após a divulgação das vendas de Musk, a Tesla perdeu US$ 125 bilhões em valor de mercado em poucos dias.