Prévia do payroll, PIB dos EUA, IGP-M, IMC e o que mais move o mercado

Alta do petróleo perde força na Europa às vésperas de dado da inflação alemã; NY aguarda números do ADP
EUA: PIB do 4º trimestre deve fechar em 7,1%, estimam economistas (Brendan Mcdermid/Reuters)
EUA: PIB do 4º trimestre deve fechar em 7,1%, estimam economistas (Brendan Mcdermid/Reuters)
Guilherme Guilherme
Guilherme Guilherme

Publicado em 30/03/2022 às 07:04.

Última atualização em 30/03/2022 às 08:30.

Os índices futuros americanos iniciaram esta quarta-feira, 30, em leve queda, com a sequência positiva perdendo força no mercado americano após quatro altas seguidas. Bolsas da Europa recuam até 1% nesta manhã, enquanto o petróleo volta a ganhar força. Por lá, economistas seguem à espera de dados da inflação ao consumidor alemão, que deve refletir parte da recente disparada das commodities.

O principal indicador do dia, porém, serão os números de variação de empregos privados medidos pelo Instituto ADP. O dado é conhecido com "prévia do payroll" por ser divulgado dias antes do relatório oficial de empregos não agrícolas dos Estados Unidos -- previsto para para esta sexta-feira, 29.

A expectativa para a divulgação desta quarta é de que o ADP apresente 450.000 novas vagas para o mês de março apenas 25.000 abaixo do registrado pelo instituto no mês anterior. A força mercado de trabalho americano, que se recuperou rapidamente dos impactos da pandemia, tem dado ainda mais confiança ao Federal Reserve para a adoção de medidas contracionistas.

Ainda nesta manhã será divulgada a segunda e última revisão do PIB americano do quarto trimestre. Na anterior, o PIB foi revisado de 6,9% para 7%. Economistas esperam um novo ajuste para cima, com o PIB ficando em 7,1%.

  • Veja a seguir o desempenho dos indicadores às 6h45 (de Brasília):

    • Hang Seng (Hong Kong): +1,39%
    • SSE Composite (Xangai): +1,96%
    • Nikkei (Tóquio): -0,80
    • FTSE 100 (Londres): +0,04%
    • DAX (Frankfurt): -1,28%
    • CAC 40 (Paris): -0,85%
    • S&P futuro (Nova York): -0,32%
    • Nasdaq futuro (Nova York): -0,45%
    • Petróleo Brent (Londres): +2,04% (para US$ 109,85)

Inflação no Brasil

Na agenda econômica local, a principal divulgação será o IGP-M de março, para o qual o mercado projeta desaceleração da inflação mensal de 1,83% para 1,40%. Até a divulgação de fevereiro, o indicador de inflação medido pela FGV acumulava alta de 16,12% contra 10,54% do IPCA. A diferença se deve às diferentes metodologias, já que o IGP-M prioriza a inflação ao produtor.

IMC

Investidores aguardam alguns dos últimos números da temporada de resultados do quarto trimestre, que encerra nesta semana. A International Meal Company (IMC, MEAL3), dona das marcas KFC e Pizza Hut no Brasil registrou em balanço divulgado nesta manhã prejuízo líquido de 41,7 milhões de reais - 5,4% acima do apresentado no mesmo período de 2020. As venda totais, porém, cresceram 52,7% na comparação anual para 764,77 milhões de reais.

As ações da companhia estiveram entre as que sofreram com as restrições impostas pela pandemia, mas vêm apresentando forte recuperação neste ano, com alta acumulada de 30%.

Balanços do dia

Ainda hoje, após o encerramento do pregão, sairão os resultados de Cruzeiro do Sul (CSED3) e Mobly (MBLY3).