Ibovespa fecha em alta com inflação do Brasil e EUA melhores que o esperado

Destaque do pregão de hoje foram os dados da inflação do Brasil e dos Estados Unidos

B3, a bolsa de valores brasileira (Germano Lüders/Exame)
B3, a bolsa de valores brasileira (Germano Lüders/Exame)
Janize Colaço
Janize Colaço

Repórter de Invest

Publicado em 26 de janeiro de 2024 às 10h22.

Última atualização em 26 de janeiro de 2024 às 18h20.

O Ibovespa desta sexta-feira, 26, fechou em alta. O principal índice da bolsa de valores brasileira subiu 0,62%, aos 128.967 pontos. O principal destaque do pregão de hoje foram os dados da inflação do Brasil e dos Estados Unidos. Além disso, investidores repercutiram a recuperação judicial da Gol.

Na avaliação de Fabio Louzada, economista e fundador da Eu me banco, os principais indicadores econômicos do dia ajudaram o Ibovespa a manter um pregão positivo. “Além disso, colaboraram para a queda do dólar assim como dos juros futuros, que operaram em queda ao longo do dia.”

Isso porque, antes da abertura do mercado, o IBGE publicou a prévia da inflação brasileira, que mostra uma desaceleração no primeiro mês do ano. Em janeiro, o indicador alcançou 0,31%, influenciado pela alimentação e bebidas, que voltaram a figurar como maior componente do aumento de preços, após subir 1,53% no mês e colaborar com 0,32 ponto percentual para o resultado. Em dezembro, o índice ficou em 0,40%.

Com números que ficaram abaixo das estimativas do mercado — que previam uma aceleração próxima de 0,5% no mês —, as apostas de que o Banco Central possa ser mais agressivo no corte da taxa básica de juros ganham força.

Ibovespa hoje

IBOV: +0,62%, aos 128.967 pontos.

E por falar em inflação e juros, também foram publicados os números do índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) dos EUA, indicador usado pelo Federal Reserve (Fed, banco central americano). Em dezembro, o indicador avançou 0,2% na comparação com novembro, enquanto no anual houve o crescimento de 2,6% — em linha com as projeções. Já o núcleo do PCE, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, avançou 0,2% ante o mês anterior, em linha com o previsto. Já na leitura anual subiu 2,9%, levemente abaixo do esperado pelos economistas, que previam alta de 3%.

Esses dados eram bastante aguardados, sobretudo por conta da expectativa com o início da flexibilização monetária nos EUA. “[Números abaixo do esperado] fazem as apostas para início do corte de juros para março aumentarem, além de fazer com que o dólar perca um pouco do seu valor e aumentar o apetite aos ativos de maior risco”, diz Marcio Riauba, gerente da Mesa de Operações da StoneX.

Já no radar corporativo, os investidores acompanham a Gol (GOLL4), que anunciou na véspera o pedido de recuperação judicial (Chapter 11, segundo a legislação norte-americana) no Tribunal de Falências dos EUA, com um compromisso de financiamento de US$ 950 milhões. Na abertura do Ibovespa hoje, os papéis da aérea caiam mais de 10%.

Maiores altas do Ibovespa

Entre as altas do pregão de hoje, destaque a Usiminas e a CSN. “Os papéis da Usiminas subiram, após o JP Morgan elevar a recomendação da ação para compra. CSN também, depois de o JP Morgan elevar o preço-alvo do papel de R$ 16 para R$ 17”, diz Louzada.

Outra ação de peso para o Ibovespa que subiu - e favoreceu o índice - foi a Vale (VALE3), devido ao rumor de que o ex-ministro Guido Mantega desistiu do cargo de CEO da mineradora.

  • Usiminas (USIM5): +5,21%
  • CSN Mineração (CMIN3): +2,40%
  • Petrobras ON (PETR3): +2,19%

Maiores quedas do Ibovespa

Já a maior queda do dia foi da Gol, cujas ações desabaram devido ao anúncio de pedido de recuperação judicial nos EUA. “A empresa acumula cerca de R$ 20 bilhões em dívidas”, diz Louzada.

  • Gol (GOLL4): -8,08%
  • CVC (CVCB3): -4,36%
  • Localiza (RENT3): -3,63%

Como é calculado o índice Bovespa?

Principal índice de ações da bolsa brasileira, a B3, o Ibovespa é calculado em tempo real, baseado na média do desempenho dessa carteira teórica de ativos, cada uma com seu peso na composição do índice. 

Funcionando como um termômetro do desempenho consolidado das principais ações para o mercado, cada ponto do Ibovespa equivale a 1 real. Por isso, se o IBOV está em 100.000 pontos, isso quer dizer que o preço da carteira teórica das ações mais negociadas é de 100.000 reais.

Que horas abre e fecha a bolsa de valores?

O horário de negociação na B3 vai das 10h às 18h. A pré-abertura ocorre entre 9h45 e 10h, enquanto o after-market ocorre entre 18h25 e 18h45. Já as negociações com o Ibovespa futuro ocorrem entre 9h e 17h55.

Confira as últimas notícias de Invest:

Mais de Invest

Dólar hesita com relato de fluxo comercial, mas retoma alta por exterior e fiscal

Dividendos da Petrobras, Vibra, balanços, IPCA-15 e PCE: os assuntos que movem o mercado

Calendário de licenciamento de 2024: Detran-SP divulga datas para pagamento; veja

Mais na Exame