Invest

Banco do Brasil vai pagar R$ 2,27 bilhões em dividendos e JCP no 2º tri

Estatal irá distribuir até R$ 0,66 por cada ação; pagamento será realizado ainda este mês

Banco do Brasil: estatal anuncia pagamento bilionário em proventos (Adriano Machado/Bloomberg)

Banco do Brasil: estatal anuncia pagamento bilionário em proventos (Adriano Machado/Bloomberg)

Beatriz Quesada
Beatriz Quesada

Repórter de Invest

Publicado em 9 de agosto de 2023 às 19h12.

Última atualização em 10 de agosto de 2023 às 13h49.

O Banco do Brasil (BBAS3) anunciou na noite desta quarta-feira, 9, que irá pagar R$ 2,27 bilhões em dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) referentes aos resultados do segundo trimestre de 2023

Serão pagos R$ 410.149.391,12 em dividendos e R$ 1.868.239.152,74 via JCP.

Quanto o Banco do Brasil (BBAS3) vai pagar em dividendos por ação?

A distribuição será de R$ 0,14577953576 por ação no caso dos dividendos e de R$ 0,66402886918 no JCP. 

Qual a data-com para receber os dividendos do Banco do Brasil (BBAS3)?

Os valores pagos serão atualizados, pela taxa Selic, da data do final do segundo trimestre até a data do pagamento, em 30 de agosto, e terão como base a posição acionária de 21 de agosto. As ações serão negociadas sem direito aos proventos a partir do dia 22 de agosto.

Banco do Brasil no segundo trimestre

O BB apresentou lucro líquido ajustado de R$ 8,7855 bilhões no segundo trimestre de 2023, crescimento de 11,7% na comparação com o mesmo período de 2022. Na comparação trimestral, o indicador subiu 2,8%. 

O resultado ficou acima das expectativas dos analistas compiladas pela Bloomberg, que estimavam um lucro de R$ 8,663 bilhões. O indicador foi o maior do setor bancário no trimestre, acima do registrado por Itaú, Bradesco e Santander.

Acompanhe tudo sobre:BB – Banco do BrasilBancosDividendosAções

Mais de Invest

Seis desdobramentos da reunião do Copom que manteve a Selic em 10,50%, segundo o BTG Pactual

Qual a diferença entre Nasdaq e NYSE?

Ibovespa abre em alta com mercado mais otimista após decisão do Copom

Receita libera consulta ao segundo lote do IR 2024; veja se você recebe

Mais na Exame