Invest

As mulheres mais ricas do Brasil em 2024 [Lista atualizada]

Essas mulheres têm sua atividade empreendedora em diversas áreas da economia, como o setor financeiro, agropecuário e de serviços

 (Redes Sociais/Reprodução)

(Redes Sociais/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 4 de abril de 2024 às 09h54.

Última atualização em 9 de maio de 2024 às 15h24.

Afinal, quem são as 10 mulheres mais ricas do Brasil? Muitos querem saber quem são essas pessoas e o que fizeram para chegarem na posição em que estão.

Essas mulheres têm sua atividade empreendedora em diversas áreas da economia, como o setor financeiro, agropecuário, de serviços e muito mais.

Saber como essas mulheres ganharam dinheiro pode ajudar a entender como se constrói riqueza e ajudar no planejamento financeiro para o longo prazo.

Por isso, leia a lista completa abaixo e veja quais são as 10 mulheres mais ricas do Brasil e detalhes importantes de suas vidas.

Confira o simulador que ajuda a escolher os melhores produtos para investir

Quais são as mulheres mais ricas do Brasil?

Segundo dados recentes da Forbes, as 10 mulheres mais ricas do Brasil na atualidade estão presentes na lista abaixo:

  1. Vicky Sarfati Safra - US$ 20,6 bilhões;
  2. Ana Lucia de Mattos Barreto Villela - US$ 1,9 bilhão;
  3. Neide Helena de Moraes - US$ 1,5 bilhão;
  4. Cristina Junqueira - US$ 1,4 bilhão;
  5. Mariana Voigt Schwartz Gomes - US$ 1,3 bilhão;
  6. Maria Consuelo Saraiva Leão Dias Branco - US$ 1,2 bilhão;
  7. Maria Cristina Frias - US$ 1,2 bilhão;
  8. Lucia Maggi - US$ 1,2 bilhão;
  9. Anne Werninghaus - US$ 1,2 bilhão;
  10. Vera Rechulski Santo Domingo - US$ 1,1 bilhão;

A totalidade das mulheres nesta lista possui participação acionária em grandes empresas – todas na casa dos bilhões de reais.

Isso mostra a importância do investimento em ações e outros ativos de renda variável para a construção de riqueza no longo prazo.

10. Vera Rechulski Santo Domingo - US$ 1,1 bilhão

Vera é a viúva de Julio Mario Santo Domingo Jr, que atuou como diretor do Grupo Santo Domingo. Este conglomerado abrange uma ampla variedade de setores, incluindo energia, indústria de cerveja, mídia, pesca, turismo e imóveis, abrangendo mais de 100 empresas.

Ela detém aproximadamente 11% da holding do Grupo Santo Domingo, cuja sede está localizada em Luxemburgo, que possui participações na Anheuser-Busch InBev. Os filhos de Vera, Tatiana Casiraghi e Julio Mario Santo Domingo III, também possuem participações, representando 5% cada.

O seu patrimônio é de cerca de US$ 1,1 bilhão.

9. Anne Werninghaus - US$ 1,2 bilhão

Anne Werninghaus é uma empresária catarinense que se destaca no ranking das mulheres mais ricas do Brasil com um patrimônio de US$ 1,2 bilhão. Com apenas 37 anos, ela é reconhecida por sua posição como uma das bilionárias mais jovens do país, conforme a lista da Forbes.

Anne é a maior acionista da WEG, uma renomada empresa fabricante de motores elétricos e uma das maiores da América Latina. Além disso, ela também é fundadora da VestesBr, uma empresa do setor da moda.

8. Lucia Maggi - US$ 1,2 bilhão

Lucia Maggi e seu marido André Maggi criaram juntos o grupo Amaggi no ano de 1977, que possui destaque em vários setores da economia.

Com o crescimento do grupo Amaggi, as pessoas com participação acionária na empresa viram o crescimento do seu patrimônio por conta da rentabilidade que a empresa trouxe.

O patrimônio da empreendedora é avaliado em cerca de US$ 1,2 bilhão.

7. Maria Cristina Frias - US$ 1,2 bilhão

Maria Cristina Frias é uma jornalista brasileira com extensa carreira em reportagem e análise econômica. Formada pela PUC, trabalhou como repórter no SBT e na Rede Globo, além de comentarista de economia na Band e no Canal 21. Na Folha de S.Paulo, assumiu diversas funções, como editora de economia e colunista, destacando-se na coluna Mercado Aberto desde 2009. Em 2018, tornou-se diretora de Redação e diretora editorial do Grupo Folha, sucedendo seu irmão Otavio Frias Filho.

6. Maria Consuelo Saraiva Leão Dias Branco - US$ 1,2 bilhão

Maria Consuelo Saraiva Leão Dias Branco é uma destacada empresária do setor alimentício no Brasil, conhecida por seu papel influente na M. Dias Branco S.A., uma das maiores indústrias de massas e biscoitos da América Latina. Originária de uma família de empresários, ela teve uma participação crucial no crescimento e na estratégia de expansão da empresa fundada por seu pai, Manuel Dias Branco.

Maria Consuelo também se empenhou em atividades sociais e culturais, apoiando diversos projetos de educação e arte.

5. Mariana Voigt Schwartz Gomes - US$ 1,3 bilhão

Aos 38 anos, Mariana Voigt Schwatz é a quarta bilionária mais jovem do país, com uma fortuna de US$ 1,3 bilhões (R$ 6,6 bilhões). Com formação e mestrado em Arquitetura, ela é proprietária de um escritório no ramo, especializado em projetos de design de interiores em Florianópolis.

4. Cristina Junqueira - US$ 1,4 bilhão

Cristina Junqueira é uma empresária brasileira, cofundadora do Nubank, um dos maiores bancos digitais independentes do mundo. Formada em Engenharia pela Universidade de São Paulo (USP) e com um MBA pela Northwestern University's Kellogg School of Management, sua carreira é marcada por importantes contribuições ao setor financeiro e tecnológico.

Antes de fundar o Nubank em 2013, com David Vélez e Edward Wible, Cristina trabalhou em empresas de grande porte como Itaú Unibanco e Boston Consulting Group. No Nubank, ela desempenhou um papel crucial na criação e expansão do banco, que rapidamente ganhou popularidade por oferecer uma experiência simplificada e sem burocracia para os clientes, revolucionando o mercado financeiro na América Latina. Cristina Junqueira destaca-se por sua liderança inovadora e por ser uma das poucas mulheres em posição de destaque no setor de tecnologia financeira.

3. Neide Helena de Moraes - US$ 1,5 bilhão

Neide Helena de Moraes é empresária e neta de José Ermírio de Moraes, criador do grupo Votorantim. A maior parte de sua fortuna é proveniente de sua participação de 8% no grupo criado por seu avô.

A Votorantim é uma empresa com mais de 90 anos de história e atua em diversos países do mundo, com empresas nos segmentos de infraestrutura, commodities, finanças e mais.

O seu patrimônio é de cerca de US$1,5 bilhão.

2. Ana Lucia de Matos Barreto Villela - US$ 1,9 bilhão

Ana Lucia de Matos Barreto Villela é a bisneta do fundador do banco Itaú, sendo sócia do banco desde os 8 anos, em 1982, quando seus pais faleceram em um acidente de avião. 

Ana Lucia é fundadora do Instituto Alana, uma fundação que tem como objetivo a proteção da infância e diversos outros escopos de atuação.

Além disso, a empresária possui participação acionária na Itaúsa (outra companhia aberta na bolsa de valores) e na Duratex. Seu patrimônio é avaliado em cerca de US$1,9 bilhão.

1. Vicky Sarfati Safra - US$ 20,6 bilhões

Em primeiro lugar na lista está Vicky Sarfati Safra, a viúva do banqueiro Joseph Safra, que faleceu no ano de 2020. Nascida na Grécia, mudou-se para o Brasil com sua família durante a infância.

Vicky Safra herdou cerca de metade do patrimônio de seu falecido marido, o que a tornou a mulher mais rica do Brasil. Joseph Safra, por sua vez, já foi por muitos anos o banqueiro mais rico do mundo e a pessoa mais rica do Brasil.

Quando alguém tiver a dúvida sobre quem é a mulher mais rica do Brasil, basta avaliar a fortuna de Vicky Safra, que é de cerca de US$ 20,6 bilhões.

Além de sua posição acionária no banco, ela cuida da Vicky and Joseph Safra Philanthropic Foundation, voltada para o patrocínio de atividades artísticas, educacionais, na área da saúde e outras.

5 dicas para enriquecer

  1. Planeje e Orçamente: A base para acumular riqueza começa com um planejamento financeiro sólido. Crie um orçamento detalhado para entender como seu dinheiro está sendo gasto. Identifique áreas onde você pode economizar e aloque uma porção significativa de sua renda para poupança e investimentos.
  2. Invista com Sabedoria: Não apenas poupe, mas também faça investimentos inteligentes. Estude as opções disponíveis, como ações, títulos, imóveis e fundos mútuos, e diversifique seu portfólio para reduzir riscos. Comece a investir o quanto antes, pois o tempo é um aliado poderoso no crescimento do patrimônio.
  3. Aprimore suas Habilidades: Invista em si mesmo. A educação e o desenvolvimento de habilidades podem aumentar significativamente seu potencial de ganhos. Considere cursos, treinamentos e certificações que estejam alinhados com seus interesses e carreira.
  4. Empreenda: Criar um negócio próprio pode ser uma maneira eficaz de acumular riqueza. Identifique oportunidades de mercado, desenvolva um plano de negócios sólido e esteja preparado para trabalhar duro e enfrentar desafios. O empreendedorismo oferece a possibilidade de crescimento financeiro substancial.
  5. Mantenha um Estilo de Vida Sustentável: Evite gastos excessivos em bens de consumo supérfluos. Viver dentro de suas possibilidades financeiras, é crucial. Lembre-se de que a riqueza não é apenas sobre ganhar dinheiro, mas também sobre manter o que você ganha.

Confira o simulador que ajuda a escolher os melhores produtos para investir

Ainda quer saber mais sobre o assunto? Leia nossos outros artigos para saber mais, como:

Acompanhe tudo sobre:Guia de Investimentos

Mais de Invest

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2726; prêmio é de R$ 30 mi

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Para acelerar atendimento a benefícios sociais, Caixa abre 17 agências no RS no sábado e domingo

Sem ‘abocanhada’ do leão: analista recomenda 4 ativos de renda fixa que pagam até IPCA + 7,1%

Mais na Exame