Inteligência Artificial

No Stack Overflow, os avanços da IA foram decisivos para o corte de 100 funcionários

Layoffs ocorrem após a empresa dobrar seu tamanho no ano passado e enfrentar desafios com respostas geradas por inteligência artificial

Prashanth Chandrasekar: CEO do Stack Overflow

Prashanth Chandrasekar: CEO do Stack Overflow

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 16 de outubro de 2023 às 13h32.

Última atualização em 16 de outubro de 2023 às 16h56.

O Stack Overflow, um renomado fórum de ajuda para programação usado no mundo todo, anunciou nesta segunda-feira, 16, uma redução de 28% de sua equipe.

A decisão, conforme divulgado pelo CEO Prashanth Chandrasekar, envolve um corte significativo em sua equipe de vendas e marketing, além de equipes de suporte e outros grupos.

Esse corte ocorre após a empresa ter dobrado seu quadro de funcionários no ano anterior. Segundo Chandrasekar, em entrevista concedida ao The Verge, cerca de 45% das contratações recentes se destinavam à sua equipe de vendas e marketing, destacando-a como a mais numerosa.

A empresa, porém, não especificou os motivos exatos para os desligamentos. Vale ressaltar que o aumento no quadro de funcionários coincidiu com o auge da inteligência artificial (IA), que incorporou chatbots em diversas áreas da tecnologia, incluindo a programação.

Este cenário representa desafios para fóruns como o Stack Overflow, uma vez que muitos desenvolvedores têm se adaptado às assistências de codificação por IA.

IA proibida no Stack Overflow

Outro desafio enfrentado nos últimos tempos refere-se às respostas de codificação geradas por inteligência artificial. Em dezembro do ano passado, a empresa decidiu proibir temporariamente respostas geradas com o auxílio de chatbots de IA.

Alegando falta de fiscalização desta norma, os moderadores iniciaram uma greve que durou alguns meses, sendo resolvida apenas em agosto. A proibição, contudo, ainda permanece. Além disso, o Stack Overflow recentemente comunicou que começará a cobrar das empresas de IA para treinar em sua plataforma.

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialAppsProgramadores

Mais de Inteligência Artificial

O brasileiro vai se adaptar a conversar com robôs, diz head de atendimento do BB

Uso de IA já não é mais uma escolha, diz Marcelo Braga, CEO da IBM

Lenovo lança primeiros notebooks Copilot+ com chips Snapdragon X no Brasil

ChatGPT está fora do ar? IA generativa apresentou instabilidade nesta segunda, 17

Mais na Exame