Inteligência Artificial

Adobe pagará 3 dólares por vídeo de seus usuários para treinar IA

A ideia é competir com a Sora, ferramenta que converte texto em vídeo, da OpenAI

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 11 de abril de 2024 às 07h54.

Última atualização em 11 de abril de 2024 às 07h54.

A Adobe anunciou que está disposta a comprar vídeos de seus usuários por 3 dólares -- ou pouco mais de 15 reais -- por minuto. O objetivo é treinar sua inteligência artificial generativa para competir com a Sora,  ferramenta de conversão de texto para vídeo da OpenAI.

Documentos obtidos pela Bloomberg sugerem que serão aceitos vídeos que retratam o dia a dia, ações e emoções. Para fotógrafos e artistas profissionais, a compensação será muito maior, alcançando cerca de 120 dólares, ou 600 reais, por vídeo.

Ainda não se sabe quando a inteligência artificial da Adobe será lançada. O modelo transformará texto em vídeo, assim como a Sora.

Ao longo do ano passado, a Adobe acrescentou ferramentas ligadas a IAs generativas ao seu portfólio, como o Photoshop. Mecanismos que transformam textos em imagens já podem ser utilizadas pelos usuários dos softwares da empresa.

Agora, porém, os planos são mais ambiciosos.

Com base em vídeos curtos de pessoas demonstrando emoções ou interagindo com objetos, a Adobe pretende construir seu próprio modelo de inteligência artificial para competir com a Sora. A ideia é discutir mais sobre a IA ainda neste ano.

O anúncio destacou ainda a grande quantidade de dados necessária para construir modelos de IA de criação de conteúdo. Por ora, a Adobe treinou seus modelos com base em sua biblioteca de mídia. Quando esta se tornou insuficiente, porém, ela adquiriu imagens de colaboradores.

É o que a empresa pretende fazer novamente agora, 3 dólares de cada vez.

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialAdobeOpenAI

Mais de Inteligência Artificial

Scarlett Johansson acusa OpenAI de usar voz semelhante à dela no ChatGPT

Microsoft apresenta Copilot+PC e inaugura Windows com IA

Quer viajar de graça na 1ª classe? Veja o truque secreto do ChatGPT para tentar um upgrade no voo

Bill Gates quer que você leia este livro sobre inteligência artificial

Mais na Exame