Grande incêndio perto de Kiev ameaça base militar ucraniana

Um funcionário do depósito morreu e 14 pessoas ficaram feridas, segundo um balanço preliminar divulgado pelo ministro do Interior ucraniano, Arsen Avakov

Um gigantesco incêndio em um depósito de petróleo perto de Kiev, que matou um civil e deixou três bombeiros desaparecidos, obrigou a retirada de civis da área, coberta por uma espessa coluna de fumaça.

A tragédia foi provocada por uma violação das normas de segurança ou um ato de sabotagem, afirmaram as autoridades, que descartaram a hipótese de atentado terrorista.

As chamas gigantescas ameaçavam atingir o aeroporto militar próximo ao depósito.

Um funcionário do depósito morreu e 14 pessoas ficaram feridas, segundo um balanço preliminar divulgado pelo ministro do Interior ucraniano, Arsen Avakov.

Antes, no Twitter, Avakov chegou a mencionar "vários bombeiros mortos", mas com o passar das horas citou o desaparecimento de três bombeiros.

Um helicóptero sobrevoava o local da catástrofe, onde vários tanques de combustível seguiam em chamas.

Os bombeiros lutavam contra as chamas com dificuldades e temiam a propagação para outro depósito vizinho.

"Se o fogo atingir esta instalação, tudo estará perdido", disse um coronel.

Quase 1.500 soldados da Guarda Nacional foram enviados ao local e socorristas de três regiões foram mobilizados.

"Decidimos retirar as pessoas da zona em um raio de dois quilômetros e preparar a evacuação da região em um raio de 10 km se o incêndio se propagar", afirmou o Serviço de Situações de Emergência.

As autoridades também adotaram medidas para impedir que o fogo se propague para uma zona militar situada a 50 metros da área dominada pelas chamas.

A área sob risco é um aeroporto com vários caças Mig-29.

O ministro da Defesa, Stépan Poltorak, e o diretor do Conselho de Segurança Nacional e de Defesa, Olexander Turchinov, compareceram ao local para coordenar os trabalhos.

Os militares iniciaram a retirada do arsenal da base aérea, segundo Turchinov.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.