Resistente ao inverno cripto, jogos em blockchain registram aumento de usuários e transações

Dados mostram que apesar de também sofrer efeitos negativos da queda do mercado, setor de blockchain games tem mostrado resultados positivos
Blockchain games reúnem milhares de pessoas e movimentam milhões de dólares todos os dias (the_burtons/Getty Images)
Blockchain games reúnem milhares de pessoas e movimentam milhões de dólares todos os dias (the_burtons/Getty Images)
G
Gabriel RubinsteinnPublicado em 13/07/2022 às 10:21.

Apesar da queda do mercado cripto, que causou efeitos tão relevantes quanto negativos no mercado, como a queda de preços dos ativos digitais, demissões em massa em empresas do setor, falência de corretoras, quebra de fundos, entre outros, os jogos em blockchain parecem não ter sofrido tanto - e inclusive registraram recentemente um aumento no volume de transações, ao mesmo tempo em que o número de usuários ativos por dia segue estável.

(Mynt/Divulgação)

Isso não significa que os jogos em blockchain passam impunes pelo "inverno cripto". Ao contrário: os tokens nativos dos jogos desvalorizaram, o valor dos NFTs de ítens dos jogos também caiu e, mesmo nos casos em que o volume de negociações não foi afetado, a queda no preço das criptos faz com que o total em dinheiro movimentado por essas plataformas também seja menor.

Apesar disso, o modelo de negócio tem se mostrado próspero. Dados do DappRadar divulgados pelo Cointelegraph mostram que não apenas o setor de blockchain games tem muito mais usuários por dia do que vários outros do mercado cripto, como DeFi, apostas e até as corretoras, o mercado dos jogos descentralizados também se mostrou mais resiliente, com a menor queda desde que o mercado entrou em tendência de baixa no final de 2021.

O número de transações dentro das plataformas de jogos em blockchain também tem aumentado desde o início do ano, mesmo durante uma das maiores crises da história do mercado cripto. Agora, são cerca de 173,2 milhões de transações, número quase 20 vezes maior do que os 8,86 milhões de DeFi, segundo setor mais ativo neste quesito. O valor total movimentado, entretanto, ainda é dominado pelas exchanges.

"Os jogos em blockchain estão desafiando a queda do mercado atual. O crescimento anual de 19% não se dá por acaso, pois estamos vendo um movimento em que jogos blockchain apresentam mecânicas verdadeiramente imersivas, que levam o entretenimento para o próximo nível. Estamos falando sobre a transição final de jogos 'play-to-earn', para 'play and earn', onde o foco na diversão e o pertencimento de comunidade são fatores muito mais proeminentes do que a questão financeira, que acabará ficando em segundo plano", comentouj João Borges, cofundador da BAYZ, que atua no setor.

Ainda de acordo com o levantamento do DappRadar, o jogo Alien Worlds é um dos líderes do setor de blockchain games em número de usuários ativos, com cerca de 198.000 por dia, seguido por Splinterlands (154.180), Farmers World (101.120), Gameta (37.280) e Axie Infinity (34.280). Apesar de ter perdido da liderança em relação ao número de usuários, Axie Infinity ainda é o jogo que movimenta o maior valor, de mais de US$ 2,2 milhões por dia.

Quando considerado que o mercado global de videogames movimenta mais dinheiro do que os mercados globais de música, cinema e televisão somados, é possível entender porque os blockchain games não têm sofrido tanto quanto outros ligados ao mercado cripto. E, além disso, dão uma dimensão do potencial de desenvolvimento para este setor.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok