Future of Money

Mineradoras de bitcoin listadas nos EUA atingem maior valor da história

Recorde de capitalização do segmento ocorreu após ações dispararem com sinalização favorável de Donald Trump a empresas de mineração de cripto

Mineradoras de bitcoin dispararam nos EUA (Foto/Reprodução)

Mineradoras de bitcoin dispararam nos EUA (Foto/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 17 de junho de 2024 às 12h00.

As 14 empresas de mineração de bitcoin listadas nas bolsas dos Estados Unidos atingiram no último sábado, 15, a maior capitalização total já registrada para o setor. Dados divulgados pelo JPMorgan apontam que as companhias chegaram a um valor recorde de US$ 22,8 bilhões (R$ 123,3 bilhões, na cotação atual).

Além de compartilhar o recorde, analistas do banco destacaram que quase todas essas empresas tiveram um desempenho melhor que o do bitcoin nas duas primeiras semanas do mês de junho. A melhor performance foi da mineradora Core Scientific, que teve uma alta de 117%.

Já o pior desempenho entre as mineradoras listadas nos Estados Unidos foi da Argo Blockchain, com queda de 7%. No mesmo período avaliado pelo JPMorgan, o bitcoin registrou uma queda de 3%. No caso da Core Scientific, o banco destacou que a alta está ligado a um acordo com a empresa de inteligência artificial CoreWeave.

Os analistas apontam ainda que, desde maio, a taxa de dificuldade de mineração de bitcoin teve uma leva queda, indicando que o bom desempenho das mineradoras ocorre mesmo em meio a um ambiente de competição menos intensa entre as empresas.

Ao mesmo tempo, o JPMorgan destacou que as empresas de mineração de criptomoedas listadas nos Estados Unidos expandiram sua fatia de participação na rede global de mineradores, crescendo para o nível de 23,8%, com o segundo crescimento mensal consecutivo.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.  

Donald Trump e mineração de bitcoin

O recorde de capitalização das 14 companhias ocorreu logo após o ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmar que pretende "impulsionar" as operações de mineradoras de bitcoin no país. Trump também é o candidato do Partido Republicano nas eleições presidenciais deste ano.

O político disse que quer que "todo o bitcoin restante seja feito nos EUA" e que uma presença maior dessas operações no país ajudaria os Estados Unidos a serem "dominantes em energia". O posicionamento foi compartilhado após uma reunião de Trump com executivos de mineradoras.

Trump e vários executivos do setor discutiram como a mineração de bitcoin poderia fortalecer a rede elétrica e criar mais empregos em uma reunião realizada no resort do empresário, Mar-a-Lago, em 11 de junho, no estado da Flórida.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:Mineração de bitcoinBitcoinCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

Empresa brasileira usa tokenização para permitir investimentos em hits do piseiro

União Europeia vai apoiar projeto que usa blockchain para criar soluções de sustentabilidade

ETFs de Ethereum podem atrair US$ 10 bilhões e levar cripto à máxima histórica, diz analista

Show com Lauryn Hill e Mano Brown no Allianz Parque lança NFTs comemorativos

Mais na Exame