Future of Money

Em protesto, artista explode Lamborghini e transforma pedaços em NFTs

Artista critica ganância de investidores do mercado cripto com intervenção artística que destruiu carro de mais de R$ 1 milhão; Shl0ms, como é conhecido, vai transformar sobras em NFTs

Lamborghini utilizado na intervenção de Shl0ms pouco antes de ser explodida no deserto (Instagram/Shl0ms/Divulgação)

Lamborghini utilizado na intervenção de Shl0ms pouco antes de ser explodida no deserto (Instagram/Shl0ms/Divulgação)

Um artista, conhecido apenas pelo pseudônimo "Shl0ms", explodiu um Lamborghini avaliado em 250 mil dólares (1,27 milhão de reais) e vai transformar os pedaços do carro queimado em 999 NFTs. Segundo o próprio artista, trata-se de um protesto contra a "ganância no mundo cripto".

Shl0ms diz que escolheu o carro, o topo de linha da marca italiana, com motor V10, porque “é uma forte representação de pessoas se envolvendo com criptoativos simplesmente porque é uma forma de ganhar dinheiro em cima de outras pessoas o mais rápido possível”, disse ele ao site The Block. Os carros da marca Lamborghini se tornaram uma espécie de meme entre entusiastas do mercado cripto como símbolo dos ganhos possíveis com o investimento em ativos digitais.

“Essa tecnologia (o blockchain) é incrivelmente promissora, existem tantas coisas boas que poderiam ser feitas com ela, mas o que tem sido feito são coisas terríveis. É puramente extrativa, em que somente um ganha”, completou o artista.

Em setembro de 2021, Shl0ms usou as redes sociais para anunciar seus planos de “fracionar fisicamente” o supercarro. A Organização Autônoma Descentralizada (DAO) criada para viabilizar o projeto conseguiu o dinheiro necessário através de uma única entidade, além de fundos próprios gerados pelas vendas de outras obras.

No dia 2 de fevereiro, o Lamborghini Huracan usado que foi adquirido para a intervenção foi explodido no meio do deserto. Cada peça quase carbonizada foi filmada em alta resolução e esses vídeos serão transformados em NFTs. Os tokens serão lançados no próximo dia 25, sendo 888 deles colocados à venda e 111 para as pessoas que participaram do projeto.

Shl0m disse enxergar a ironia em vender NFTs contra a criação de riqueza com criptomoedas. Ele planeja usar os fundos para criar uma DAO sem objetivos financeiros e com uma “mentalidade mais ética”. Ele compartilhou um vídeo anunciando o projeto e mostrando um pequeno trecho da explosão, mas explicou que a filmagem completa será divulgada somente no lançamento dos NFTs, na próxima sexta-feira.

Esta não é a primeira vez que o artista decide explodir coisas e transformá-las em tokens não fungíveis. No ano passado, inspirado pela obra de Marcel Duchamp, Shl0ms destruiu um mictório e os 150 pedaços do objeto se transformaram em vídeos, e, depois, em NFTs - ele lucrou cerca de 500 mil dólares com essa intervenção. Somadas todas as suas coleções de NFTs já criadas, Shl0ms acumula aproximadamente 1 milhão de dólares em vendas.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptoativosCriptomoedasLamborghiniNFTs

Mais de Future of Money

Putin diz que mineração de bitcoin pode gerar riscos energéticos para a Rússia

Governo elogia Drex, mas diz que Banco Central precisa ter "limites" no projeto

De matic para pol: Polygon vai mudar criptomoeda em atualização do blockchain

Bilionário Mark Cuban diz que bitcoin pode se tornar um ativo de reserva global

Mais na Exame