Future of Money
Acompanhe:

Criptomoedas do metaverso voltam a chamar a atenção de investidores e disparam até 137%

Metaverso volta a virar assunto entre grandes empresas e criptomoedas do gênero voltam a subir após período de queda expressiva; sentimento de otimismo domina principais ativos do mercado cripto

Criptomoedas do metaverso disparam em 2023 (Getty Images/Reprodução)

Criptomoedas do metaverso disparam em 2023 (Getty Images/Reprodução)

M
Mariana Maria Silva

17 de janeiro de 2023, 16h24

Depois de enfrentarem o pior lado do “inverno cripto”, as criptomoedas de metaverso voltam a subir à medida que o setor recupera o otimismo e o assunto volta a integrar discussões, chamando a atenção de grandes empresas. MANA e SAND, as duas principais criptomoedas relacionadas a plataformas do metaverso, disparam até 137% no início de 2023.

Cotada a US$ 0,71, a MANA, criptomoeda nativa do metaverso Decentraland, subiu 2,63% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. Durante a semana, por outro lado, a cripto subiu 81%. Neste início de 2023, os ganhos chegam a somar 137%.

SAND, a criptomoeda nativa do metaverso The Sandbox, é cotada a US$ 0,72. Subindo 4% nas últimas 24 horas, a SAND soma ganhos de quase 86% no início de 2023, segundo dados do CoinMarketCap.

Rodeado de polêmicas, o tema do metaverso gera controvérsias entre especialistas. Enquanto uns acreditam que o futuro será baseado em interações digitais, outros argumentam contra o uso excessivo de plataformas como a do metaverso. No entanto, o fato é que desde já as criptomoedas relacionadas a esse novo universo passam por intensa volatilidade.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Depois de um período de desinteresse sobre plataformas e criptomoedas do metaverso em 2022, esta dinâmica pode estar prestes a mudar.

O governo de Seul, a capital da Coreia do Sul, anunciou o investimento de US$ 1,6 milhão apenas na primeira fase de um projeto que pretende levar a cidade sul-coreana para o metaverso.

Além disso, um relatório da McKinsey & Company apontou que o metaverso pode criar US$ 5 trilhões em valor até 2030.

No entanto, para que isso aconteça, as plataformas de metaverso ainda têm um longo caminho a percorrer. Mesmo com altas surpreendentes, MANA e SAND ainda apresentam queda de 88% e 91%, respectivamente, desde suas máximas históricas em 2021, quando acompanharam um salto generalizado no setor cripto.

Segundo a McKinsey & Company, o metaverso irá atingir todo o seu potencial quando conseguir integrar sensores, dispositivos de realidade virtual e ferramentas que possam desenvolver ainda mais a experiência do usuário.

(Mynt/Divulgação)

Alta generalizada das criptos

Além das moedas do metaverso, outras criptomoedas apresentam altas significativas neste início de ano. Bitcoin e do ether, as duas maiores do mundo em valor de mercado, sobem acompanhadas de uma série de outros ativos entre os principais do mercado.

Confira as altas das principais criptomoedas em 2023:

• Cardano (ADA): US$ 0,35 + 41,1%
Polygon (MATIC): US$ 1,01 + 33,1%
Polkadot (DOT): US$ 6,03 + 37,99%
Avalanche (AVAX): US$ 17,44 + 61,1%
Chainlink (LINK): US$ 6,68 + 19,1%
Decentraland (MANA): US$ 0,71 + 137,8%
The Sandbox (SAND): US$ 0,72 + 85,9%

Uma possível explicação para os movimentos de alta que marcam uma virada de perspectivas entre 2022 e 2023 é a sensação de que a situação econômica pode melhorar nos Estados Unidos.

Após discursos otimistas e a divulgação de dados do Índice de Preços ao Consumidor dos EUA (CPI), investidores esperam que o banco central americano alivie sua política monetária, que foi agressiva contra a inflação e gerou aversão ao risco no último ano, prejudicando a cotação de ativos do gênero, como as criptomoedas.

“Paira no ar uma sensação de que o Fed está conseguindo reverter a alta inflação nos EUA após uma das sequências mais rápidas de alta nas taxas de juro da história, sem que cause uma recessão pesada”, comentou Ayron Ferreira, analista-chefe da Titanium Asset Management.
“No entanto ainda há várias confirmações necessárias para isso, em especial com a divulgação de novos dados do mercado de trabalho, um dos fatores mais resilientes para essa análise da atividade econômica”, acrescentou.

Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok