Future of Money
Acompanhe:

'Criptoativos não precisam de um salvador', diz CEO da corretora Binance

Changpeng Zhao fez um post no Twitter para rebater "narrativas erradas" sobre a falência da FTX e seu papel no caso

Changpeng Zhao negou que seus posts sobre a FTX influenciaram a quebra da corretora de criptoativos (Bloomberg/Getty Images)

Changpeng Zhao negou que seus posts sobre a FTX influenciaram a quebra da corretora de criptoativos (Bloomberg/Getty Images)

J
João Pedro Malar

6 de dezembro de 2022, 11h13

O CEO da corretora de criptoativos Binance Changpeng Zhao fez uma série de posts no Twitter nesta terça-feira, 6, para rebater o que ele chamou de "narrativas erradas" identificadas por ele e relacionadas à falência da concorrente, a FTX.

A primeira ideia refutada por CZ, como o empresário é conhecido, é de que ele gostaria de se tornar o "salvador dos criptoativos": "os criptoativos não precisam ser salvos. Eles estão bem".

(Mynt/Divulgação)

"É a beleza da descentralização. Somos apenas parte dela. Queremos ajudar outros bons projetos que podem estar em crise de caixa devido a eventos recentes. É do nosso interesse coletivo", ressaltou o CEO da maior corretora de criptoativos do mundo.

Ele também defendeu que a FTX não foi derrubada por atores externos, mas sim pelas próprias práticas da exchange e pelos seus usuários. "A FTX roubou bilhões de dólares de fundos de usuários. Ponto".

Para Zhao, o ex-CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, não tinha boas intenções com o público por ter mentido. Ele ainda rebateu as acusações de que seus posts sobre o caso teriam sido responsáveis pela queda da FTX.

"Nenhum negócio saudável pode ser destruído por um tweet", destacou Zhao. Ele avaliou, porém, que o post da ex-CEO da Alameda Research, Caroline Ellison, oferecendo comprar as reservas da Binance no criptoativos FTT por US$ 22 podem ter pesado negativamente contra a FTX.

"Os dados mostram que foi a causa real para as pessoas venderem o FTT. Ela compartilhou qual era seu preço mínimo", explicou CZ. Para ele, Bankman-Fried "perpetuou uma narrativa pintando a mim e a outras pessoas como os 'bandidos'".

"Foi fundamental para manter a fantasia de que ele era um 'herói'. SBF é um dos maiores fraudadores da história, ele também é um mestre da manipulação quando se trata de mídia e dos principais formadores de opinião", disse Zhao.

Em outro post, ele comentou que a Binance não foca em outros competidores no setor de cripotativos pois isso seria uma "perda de tempo e recursos quando a indústria atingiu apenas 6% da população". "Queremos que múltiplas exchanges, múltiplos blockchains, múltiplas carteiras, etc, coexistam no ecossistema", destacou.

Até quando você vai deixar de investir em crypto? Abra sua conta na Mynt e explore novas formas de investir sem medo. Clique aqui para desbloquear seu mundo crypto.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok