• AALR3 R$ 20,23 -0.34
  • AAPL34 R$ 67,98 0.92
  • ABCB4 R$ 16,63 -0.12
  • ABEV3 R$ 14,07 -0.42
  • AERI3 R$ 3,56 -1.39
  • AESB3 R$ 10,78 1.51
  • AGRO3 R$ 31,05 -0.19
  • ALPA4 R$ 21,36 2.54
  • ALSO3 R$ 19,05 0.21
  • ALUP11 R$ 27,06 -0.92
  • AMAR3 R$ 2,55 6.25
  • AMBP3 R$ 31,16 2.84
  • AMER3 R$ 22,09 -3.45
  • AMZO34 R$ 65,95 3.42
  • ANIM3 R$ 5,48 2.24
  • ARZZ3 R$ 79,70 -0.13
  • ASAI3 R$ 15,73 -1.07
  • AZUL4 R$ 20,10 -2.85
  • B3SA3 R$ 11,90 -1.00
  • BBAS3 R$ 37,65 -0.40
  • AALR3 R$ 20,23 -0.34
  • AAPL34 R$ 67,98 0.92
  • ABCB4 R$ 16,63 -0.12
  • ABEV3 R$ 14,07 -0.42
  • AERI3 R$ 3,56 -1.39
  • AESB3 R$ 10,78 1.51
  • AGRO3 R$ 31,05 -0.19
  • ALPA4 R$ 21,36 2.54
  • ALSO3 R$ 19,05 0.21
  • ALUP11 R$ 27,06 -0.92
  • AMAR3 R$ 2,55 6.25
  • AMBP3 R$ 31,16 2.84
  • AMER3 R$ 22,09 -3.45
  • AMZO34 R$ 65,95 3.42
  • ANIM3 R$ 5,48 2.24
  • ARZZ3 R$ 79,70 -0.13
  • ASAI3 R$ 15,73 -1.07
  • AZUL4 R$ 20,10 -2.85
  • B3SA3 R$ 11,90 -1.00
  • BBAS3 R$ 37,65 -0.40
Abra sua conta no BTG

Solução para rastrear gastos públicos, GOV Token tem novo desenvolvedor

Desenvolvido com uso da tecnologia blockchain para combater a corrupção e otimizar o uso de verbas públicas será responsabilidade da nova startup carioca Blockchain Studio
GOV Token era desenvolvido pela Investtools (Getty Images/Madrolly)
GOV Token era desenvolvido pela Investtools (Getty Images/Madrolly)
Por Mariana Maria SilvaPublicado em 06/05/2022 12:10 | Última atualização em 06/05/2022 14:55Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A solução desenvolvida em parceria com órgãos públicos do Rio de Janeiro, de uma espécie de criptoativo para ajudar no combate à corrupção e otimizar o uso de verbas públicas, vai mudar de mãos. Criado pela Investtools, o projeto agora será transferido para a Blockchain Studio, nova empresa do mesmo grupo.

O GOV Token vai atuar diretamente do rastreamento de gastos públicos e era desenvolvido desde o ano passado pela Investtools, fintech carioca especializada no desenvolvimento de softwares para o mercado financeiro, com o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e da Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio).

O objetivo da nova empresa, a Blockchain Studio será construir infrestrutura no blockchain e criar aplicações descentralizadas customizadas para seus clientes, que poderão vir tanto do setor público quanto do privado. Antes de se tornar uma empresa independente, a Blockchain Studio atuou desde 2017 como uma unidade da Investtools para pesquisa, desenvolvimento e inovação na tecnologia blockchain.

(Mynt/Divulgação)

“Quando criamos a unidade de blockchain dentro da Investtools, em 2017, o objetivo era oferecer um braço de educação sobre o tema no Brasil, em um momento em que pouco se falava sobre a tecnologia fora da bolha dos entusiastas”, contou o CEO da Investtools, David Gibbin.

“Com o passar dos anos e a atenção cada vez mais voltada para a disrupção das redes descentralizadas, aumentaram as demandas do mercado por produtos e soluções. Estamos montando um time incrível de desenvolvedores, com novos negócios surgindo, e, neste contexto, é hora da Blockchain Studio ganhar vida própria” explicou ele.

Quanto ao papel da empresa no GOV Token, ele se dá no desenvolvimento da ferramenta, que servirá para o rastreio de finanças públicas no Brasil, e promoverá cursos de formação de desenvolvedores,
executivos e gestores. O token está sendo desenvolvido na rede do Bitcoin, com o intuito de aproveitar os benefícios de segurança, criptografia e amplitude.

De acordo com a Blockchain Studio, o GOV Token promete “revolucionar os princípios de transparência governamental”. Tudo isso aconteceria a partir do registro em blockchain dos recursos que forem liberados por entidades públicas, garantindo que todas as movimentações financeiras - fontes dos recursos, valores, origens e destinos - ficassem gravadas na rede, de forma descentralizada, rastreável e imutável.

Dando continuidade à sua estratégia inicial, a nova empresa irá investir na educação oferecendo dois cursos sobre a tecnologia blockchain. Ambos serão voltados para empresas e organizações, mas um será técnico, para a formação de desenvolvedores em blockchain, e o outro focará em negócios e na introdução dos principais conceitos associados ao blockchain, contemplando aplicações, casos de uso, finanças descentralizadas e a evolução do ecossistema.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Veja Também

Bitcoin esboça reação, mas ainda se mantém abaixo de US$ 30 mil
Future of Money
Há 8 horas • 3 min de leitura

Bitcoin esboça reação, mas ainda se mantém abaixo de US$ 30 mil