Future of Money

5 criptomoedas que podem disparar em junho, segundo especialistas

Aprovação de ETFs de ether nos Estados Unidos impulsionou novamente o mercado cripto, beneficiando diversos ativos

Mercado de criptomoedas voltou a subir em maio (Reprodução/Reprodução)

Mercado de criptomoedas voltou a subir em maio (Reprodução/Reprodução)

João Pedro Malar
João Pedro Malar

Repórter do Future of Money

Publicado em 3 de junho de 2024 às 09h30.

Após um mês de abril marcado por quedas e lateralização de preço, as criptomoedas voltaram a subir em maio, impulsionadas principalmente pela aprovação dos ETFs de ether nos Estados Unidos. E os desdobramentos em torno dos fundos negociados em bolsa de preço à vista do ativo devem continuar em junho, potencialmente afetando diversos ativos.

Em relatório, a corretora Coinext avalia que a aprovação dos ETFs representa "uma mudança que não apenas facilita a exposição à criptomoeda, mas também promete valorizá-la. Espera-se que esta valorização impulsione significativamente os projetos vinculados ao ether, destacando-os como oportunidades atrativas para investidores".

Ether

Theodoro Fleury, gestor de diretor de investimentos da QR Asset, avalia que o ether segue sendo o principal ativo para ficar de olho em junho. A criptomoeda do blockchain Ethereum disparou mais de 30% na última semana após a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, a SEC, mudar de posição e acabar aprovando os ETFs do ativo.

Com a aprovação, "em uma impressionante reversão de expectativas, o preço do ether teve um bom desempenho comparado aos outros grandes ativos, e isso deve seguir sustentando o preço do token, pelo menos até o lançamento dos ETFs, o que deve demorar algumas semanas. Após a listagem dos ETFs, os preços devem oscilar conforme o fluxo de captação dos veículos de investimento", avalia Fleury.

Chainlink

Também em seu relatório, um dos ativos recomendados pela Coinext para o mês de junho é o link, criptomoeda do projeto Chainlink. A corretora explicar que a iniciativa busca "conectar contratos inteligentes com dados do mundo real de forma confiável e segura, o projeto ajuda a expandir de forma significativa as capacidades e usos dos contratos inteligentes".

Na avaliação dos analistas da exchange, a Chainlink se tornou "uma peça importante no ecossistema DeFi. No último ano, essa criptomoeda valorizou-se em 189%, e possui uma capitalização de mercado de mais de US$ 10 bilhões. Isso, aliado ao seu potencial de uso, a torna interessante para o mês de junho".

Pendle

Para Danilo Matos, community manager na NovaDAX, diversos projetos ligados à Ethereum devem se beneficiar da aprovação dos ETFs, atraindo investimentos. UM deles é o pendle, criptomoeda de um projeto de staking, um dos mecanismos mais importantes por trás da rede Ethereum.

"Com o aumento do TVL (Total Value Locked) do ativo e a valorização do token, além do interesse crescente no ecossistema do Ethereum, a alta do ether gera um aumento na receita desses ativos em dólares. Nos últimos
trinta dias, a criptomoeda teve uma valorização de 24%, subindo de US$ 3,85 para US$ 7,12 em apenas duas semanas", pontua.

Solana

Fleury, da QR Asset, também cita a sol, criptomoeda nativa do blockchain Solana, como um ativo com potencial de alta em junho. "A Solana tem observado um crescimento impressionante nos últimos meses, não só tem termos de preço mas também em termos de atividade em sua rede", explica.

"Depois de um boom inicial, entre os meses de janeiro e março deste ano, a atividade na rede deu uma leve arrefecida, mas já mostra sinais de retomada em maio, principalmente as receitas por taxas de transação", comenta ainda o analista.

Nesse sentido, ele diz que "historicamente, pelo exemplo de outras redes de contratos inteligentes, vemos que o preço do token costuma ter correlação relevante com o total de taxas de transação gerado na rede. Por isso, acreditamos que Solana pode ter performance acima da média nas próximas semanas".

Polygon

O relatório da Coinext cita ainda o matic, criptomoeda nativa da rede Polygon, como uma criptomoeda "a ser observada" em junho. Segundo os analistas, o projeto "é uma das soluções de segunda camada para Ethereum de maior destaque, visando melhorar sua escalabilidade por meio de sidechains, proporcionando transações mais rápidas e econômicas".

"Sua compatibilidade com a Ethereum Virtual Machine (EVM) permite aos desenvolvedores utilizar ferramentas e linguagens de programação para criar e implementar contratos inteligentes de forma mais eficiente e confortável. Essa criptomoeda sofreu uma valorização de cerca de 6% na última semana, tornando-se um projeto a ser observado em junho", diz a exchange.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosEthereum

Mais de Future of Money

União Europeia vai apoiar projeto que usa blockchain para criar soluções de sustentabilidade

ETFs de Ethereum podem atrair US$ 10 bilhões e levar cripto à máxima histórica, diz analista

Show com Lauryn Hill e Mano Brown no Allianz Parque lança NFTs comemorativos

Governo da Alemanha conclui vendas de bitcoin e soma R$ 15 bilhões arrecadados

Mais na Exame