Esporte

Usain Bolt é rosto de campanha contra tráfico humano durante Jogos Olímpicos

Movimento conta com a colaboração de grandes companhias do turismo como Booking.com, Accor, British Airways, Emirates, além da 'Le Collectif contre la traite', que representa 28 ONGs francesas

Usain Bolt é uma das personalidades do esporte que empresta seu rosto a uma campanha da associação 'It's a Penalty', voltada para conscientizar sobre o tráfico de seres humanos (Ian Walton/Getty Images)

Usain Bolt é uma das personalidades do esporte que empresta seu rosto a uma campanha da associação 'It's a Penalty', voltada para conscientizar sobre o tráfico de seres humanos (Ian Walton/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 9 de julho de 2024 às 12h47.

Tudo sobreOlimpíadas 2024
Saiba mais

A lenda do atletismo Usain Bolt é uma das personalidades do esporte que empresta seu rosto a uma campanha da associação 'It's a Penalty', voltada para conscientizar sobre o tráfico de seres humanos durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris.

Essa campanha conta com a colaboração de grandes atores do turismo, como Booking.com, Accor, IHG Hotels & Resorts, as companhias aéreas British Airways, Cathay Pacific, Emirates, JetBlue, Ethiopian Airlines e Air New Zealand, além do 'Le Collectif contre la traite', que representa 28 ONGs francesas.

Os cartazes serão instalados em toda a França, especialmente nos locais mais movimentados de Paris e em Seine-Saint-Denis (que sediará várias provas olímpicas), em estações de trem, zonas de fãs e hotéis.

Diante do tráfico e da exploração, "mantenham-se atentos", pode-se ler nos cartazes, que convidam a escanear um código QR em caso de suspeita de abusos, levando à página de 'It's A Penalty'. Entre os sinais que podem indicar esses crimes estão a confiscação de documentos de identidade ou a vigilância por outra pessoa.

Um spot de conscientização de 30 segundos também será exibido durante os Jogos, de julho a setembro, nos voos com destino à França das companhias participantes.

Grande parte das pessoas afetadas pelo tráfico são mulheres, vítimas de exploração sexual ou laboral. Também existem casos de pessoas obrigadas a cometer delitos ou a exercer a mendicância.

'It's a Penalty' já realizou 18 campanhas em nível mundial, incluindo nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 e em várias edições do Super Bowl, a final da liga de futebol americano (NFL).

Acompanhe tudo sobre:Olimpíadas 2024OlimpíadasUsain Bolt

Mais de Esporte

Olimpíadas 2024: Isaquias Queiroz e Raquel Kochhann serão os porta-bandeiras do Brasil

Quando é a cerimônia de abertura das Olimpíadas 2024? Veja data, horário e como assistir ao vivo

Quem vai cantar na abertura das Olimpíadas 2024 em Paris? Veja horário e como assistir ao vivo

Jogos de hoje, terça-feira, 23 de julho, onde assistir ao vivo e horários

Mais na Exame