Localiza mapeia emissões de carbono de clientes e lança o Neutraliza

Com o Neutraliza, a Localiza convida os clientes a compensarem as emissões de gases de efeito estufa ao pagar uma taxa de R$0,99. Valor vai para conservação da Amazônia
 (Pedro Vilela_Agência i7/Reprodução)
(Pedro Vilela_Agência i7/Reprodução)
M
Marina FilippePublicado em 15/04/2022 às 08:00.

O setor de transportes tradicionalmente tem um desafio nas emissões de gases de efeito estufa, mas, para buscar superá-lo, a Localiza anuncia o Neutraliza, um programa para neutralizar as emissões dos gases dos escopos 1 e 2, aqueles relacionados à operação direta. Para além disto, a companhia avança na mitigação do impacto do escopo 3, que são as emissões provenientes dos veículos utilizados pelos clientes.

"Fizemos um inventário de emissões há cerca de cinco anos, focados no escopo 1 e 2, mas conseguimos evoluir ao entender as emissões a partir dos consumo dos clientes. Para isto, desenvolvemos uma metodologia proprietária com a consultoria WayCarbon", diz Daniel Linhares, diretor executivo da Localiza.

Com o Neutraliza, a empresa agora convida os clientes a compensarem as emissões geradas durante suas jornadas de mobilidade na Companhia. Para participar do programa, o cliente poderá optar pelo pagamento adicional de R$1,99 por dia para contratos diários ou R$0,99 por dia para os mensais. O valor será destinado à aquisição de créditos de carbono.

"Com esses valores conseguiremos aumentar em dez vezes a quantia que destinamos para iniciativas de compensação e neutralização das emissões de gases de efeito estufa". Linhares. A Localiza investe em projetos de manutenção da floresta amazônica que permite a redução de 580 hectares de desmate. Há também o desenvolvimento social das pessoas da região por meio da agrofloresta e manejo sustentável.

"Por meio de treinamento técnico e capacitação em produção rural, técnicas agrícolas e florestais de acordo com interesse familiar, o projeto espera tornar os produtores capazes de implementar técnicas agrícolas e florestais adequadas, viabilizando constante produção e geração de receita, produzindo alimentos e gerando renda sem necessidade de abertura de novas áreas, perpetuando os benefícios a si mesmos, ao clima e à biodiversidade".

O programa, além de complementar a gama de iniciativas da Localiza voltadas para a sustentabilidade, também atende a uma demanda crescente por parte da sociedade. Um recente levantamento da empresa aponta que 65% dos clientes consideraram a sustentabilidade quando escolhem uma empresa e 77% estariam dispostos a pagar mais por um produto com diretrizes sustentáveis.

“Estamos cientes da complexidade do desafio e da importância do envolvimento de diferentes atores e esferas da sociedade para enfrentá-lo. Nos comprometemos a atuar com toda a cadeia de valor para gerar impacto positivo em larga escala no Brasil e, por isso, convidamos os nossos clientes a fazer parte desta transformação tão necessária e urgente e, desta forma, construir conosco o futuro da mobilidade sustentável”, conta Marcelo Dantas, diretor de segmentos e produtos da Companhia.

Jornada carbono neutro Localiza

A estratégia da Localiza em prol da neutralização de carbono é baseada em três pilares:

  1. Medir - considerado a chave para avaliar a efetividade das ações implementadas e ajustar, garantindo maior impacto e eficiência;
  2. Reduzir - é a prioridade da Localiza. Para isso, a Companhia busca soluções para o curto, médio e longo prazos, como o incentivo ao uso do etanol - combustível que emite menos - e avaliação constante de soluções e tecnologias voltadas para a redução das emissões de GEE;
  3. Compensar - é um meio importante para mitigar as emissões remanescentes. Isso é feito por meio de compra de créditos de carbono gerados por projetos que resultam impacto positivo.

De acordo com esses pilares, as iniciativas de eficiência energética são uma frente importante para o enfrentamento das questões relacionadas aos GEE. No “medir”, desde 2019, a Localiza é membro do Programa Brasileiro GHG Protocol (PBGHG Protocol), que tem como objetivo estimular a publicação de inventários de emissões de gases do efeito estufa (GEE) e fornece instrumentos e padrões de qualidade internacional, gerando transparência e visibilidade para os dados. A Companhia foi também pioneira do segmento de aluguel de carros a elaborar e divulgar, em 2020, um inventário de emissões na plataforma de Registros Públicos do Brasil.

Segundo Emerson Gomes, gerente de legalização e membro do Comitê de Sustentabilidade, a Localiza aperfeiçoou o inventário de Gases de Efeito Estufa. “Incluímos as emissões dos clientes no escopo 3 e fazendo a verificação por terceira parte, recebendo o selo Ouro do GHG Protocol”, explica. Ainda em 2019, a empresa passou a integrar o grupo do Índice Carbono Eficiente (ICO2). O indicador visa incentivar o controle de emissão de gases de efeito estufa (GEE) entre as empresas listadas na bolsa.

Já no pilar “reduzir”, em 2017, a Localiza tornou-se a primeira empresa do setor a adotar a energia solar como fonte de abastecimento elétrico das suas operações elegíveis. A Companhia conta com 59 filiais beneficiárias por créditos de energia limpa proveniente de três fazendas solares em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Pernambuco, e 101 unidades que geram energia através da instalação de placas fotovoltaicas em seus telhados, totalizando 160 das 620 unidades na América Latina.

Com o avanço do projeto, em 2021, foram gerados mais de 3.200.000 kWh de energia limpa nas filiais, representando mais de 68% de aumento em relação a 2020. Além disso, prioriza o uso do etanol em sua frota corporativa. Atualmente, 99% dos carros, quando abastecidos pela própria empresa, utilizam esse combustível por ser considerado menos poluente do que a gasolina.

Por fim, no “compensar”, a Companhia neutraliza desde 2020 as emissões de carbono da sua operação direta nos escopos 1 e 2 que incluem, por exemplo, emissões operacionais, movimentação da frota corporativa e consumo de energia nas agências, lojas e escritórios.

No mesmo ano, a empresa se tornou parceira do Programa Compromisso com o Clima do Instituto Ekos. Além disso, prioriza o uso do etanol em sua frota corporativa. Atualmente, 99% dos carros, quando abastecidos pela própria empresa, utilizam esse combustível por ser considerado menos poluente do que a gasolina.

Clientes

"Para entender as emissões dos clientes precisamos realizar uma pesquisa que mostrou como cada perfil abastece, entre etanol e gasolina. A partir deste dado também é possível incentivar mais o abastecimento com etanol por campanhas de comunicação e treinamentos com os funcionários das lojas", diz Linhares.

Segundo o executivo, focar nessa mudança da companhia e da sociedade é um dos pontos importantes para a sustentabilidade. Por isto, a Localiza tem investido também na educação dos clientes empresariais. Um exemplo se deu com a empresa global de saúde animal Zoetis, na qual a Localiza Gestão de Frotas, além de fornecer carros, atua como um serviço de consultoria que acompanha os principais indicadores e, a partir de um plano de ação, desenvolve projetos customizados.

A Localiza apoiou a Zoetis no desenvolvimento do projeto Rota Sustentável, que visa estimular seus colaboradores da força de vendas a optarem pelo etanol no momento de abastecer veículos da frota. O Rota Sustentável é estratégico para que a Zoetis atinja a meta de zerar as emissões de GEE até 2030. Com 540 carros na frota, a empresa já registra uma evolução significativa: somente em janeiro e fevereiro, 80% e 82% respectivamente, da força de vendas escolheu o etanol para abastecer. Com isso, houve uma queda estimada de 62% nas emissões.