ESG
Acompanhe:

Arezzo&Co recebe certificação de empresa B por boas práticas ESG

A Arezzo&Co obteve 92,8 pontos na Avaliação de Impacto B, que exige, no mínimo, 80 pontos para certificar as empresas em boas práticas ambientais, sociais e de governança; conheça as iniciativas

Alme, marca da Arezzo&Co, é carbono neutro (Divulgação/Divulgação)

Alme, marca da Arezzo&Co, é carbono neutro (Divulgação/Divulgação)

M
Marina Filippe

7 de novembro de 2022, 10h01

O grupo Arezzo&Co -- que reúne as marcas Arezzo, Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever, Alme, Vans, TROC, My Shoes, além do marketplace ZZ Mall e do braço de lifestyle, a AR&Co - Reserva, Baw Clothing e Carol Bassi -- é a mais nova empresa a ser certificada como uma Empresa B pelo Sistema B Brasil, organização responsável pelo engajamento, divulgação e promoção local do Movimento B em todo país e na América Latina. O Grupo obteve 92,8 pontos na Avaliação de Impacto B - que exige, no mínimo, 80 pontos para certificar as empresas.

O Movimento Global de Empresas B foi criado nos Estados Unidos com objetivo reconhecer empresas que além de desempenho financeiro, visam uma nova maneira de se fazer negócio, beneficiando não somente o acionista, mas, também, considerando o bem-estar da sociedade e do planeta como métricas de sucesso.

O Sistema B analisa companhias que são destaque nos quesitos sustentabilidade, responsabilidade social e transparência, analisando cinco principais áreas: Governança, Trabalhadores, Clientes, Comunidade e Meio Ambiente.

Dessa forma, para participar da avaliação, as organizações precisam ter mais de 12 meses de operação, estar inserida em mercados competitivos, ser uma empresa completa e distinta - incluindo em sua análise todas as áreas de gestão do negócio - e, ainda, adicionar as Cláusulas B ao seu contrato social, que asseguram o compromisso do negócio em atuar para além de interesses puramente financeiros, priorizando as responsabilidades sobre questões sociais e ambientais em sua operação.

A Arezzo&Co possui uma estratégia de sustentabilidade baseada em três pilares prioritários: produção responsável, meio ambiente saudável e pessoas empoderadas.

No pilar produção responsável, a empresa está desenvolvendo um projeto de rastreabilidade do couro via blockchain, que tem como objetivo a análise dos fornecedores indiretos do Grupo, com a intenção de zelar pelo bem-estar animal e mitigar os riscos e impactos do desmatamento proveniente da pecuária em todo o processo da produção de calçados. Além disso, cerca de 90% da produção da Arezzo&Co é realizada no Vale dos Sinos, e visa potencializar e desenvolver a economia e produção local.

O Grupo tem 91% dos fornecedores de produto acabado certificados pela ABVTEX e se comprometeu a ter 100% da sua cadeia de fornecedores rastreada e certificada em aspectos socioambientais até 2024. E para reforçar ainda mais a governança da companhia, a Arezzo&Co foi listada na carteira do ISE da B3, indicador de desempenho de empresas comprometidas com a sustentabilidade empresarial em 2021.

No que diz respeito ao meio ambiente saudável, desde 2019, a Arezzo&Co neutralizou as emissões dos Escopos I e II de todo o grupo e em 2021, assinou o Business Ambition for 1,5ºC, compromisso do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), composto por empresas do mundo inteiro que se comprometeram a implementar ações para reduzir suas emissões de Gases de Efeito Estufa e limitar o Aquecimento Global a 1,5ºC.

O Grupo conta também com iniciativas de economia circular, utilizando a TROC, brechó que foi adquirido em 2021, como braço para trazer o second hand para dentro da operação de suas marcas. Atualmente, a Arezzo&Co possui também 20 pontos de coleta de logística reversa pós-consumo espalhados por algumas lojas de suas marcas.

Ainda neste pilar, o Grupo têm utilizado sua marca sustentável - a Alme - como um laboratório de inovação para realizar e validar testes de iniciativas sustentáveis que possam ser expandidas e aplicadas às demais marcas do conglomerado.

No pilar de pessoas empoderadas, o grupo desenhou uma estratégia de Diversidade e Inclusão que tem como base a sensibilização da liderança e todo o time, com ações afirmativas e estabelecimento de metas. Atualmente, na liderança do Grupo, mais de 50% dos cargos de diretoria, supervisão, coordenação e gerência são ocupados por mulheres, que também representam 60% do quadro de colaboradores da Arezzo&Co.

O Grupo - que assinou o Pacto pela Igualdade Racial da ONU em 2022 - também está realizando uma consultoria em diversidade e inclusão com a Patrícia Lima que contemplará formações para todo o time, definição de metas e cartilha para todas as lojas. Além disso, a Arezzo&Co oferecerá um programa afirmativo de bolsas de estudos com o time interno que será destinado para pessoas negras.

Este pilar contemplou, ainda, um treinamento com 100% da força de vendas do varejo, incluindo franquias, em tópicos relacionados à diversidade, assim como toda a liderança, conselho e diretoria da empresa. A Arezzo&Co desenvolveu, também, um programa de estágio afirmativo, chamado Protagonizza, para pretos e pardos, no Rio Grande do Sul e em São Paulo.

Para reforçar ainda mais a governança nos temas sociais e ambientais, a Arezzo&Co conta com um Comitê de sustentabilidade com membros independentes do conselho, além de ter implementado uma política de remuneração variável de executivos C-level atrelada à metas de sustentabilidade (emissões, rastreabilidade, diversidade e certificação socioambiental da cadeia).

“O selo B Corp chancela nosso compromisso com a sustentabilidade, fruto de uma estratégia sólida construída nos últimos anos e de práticas consistentes. Dessa forma, a certificação valida nosso comprometimento com ESG e nos apoia no direcionamento de ações de impacto positivo em todas as frentes”, comenta a Head de Sustentabilidade da Arezzo&Co, Suelen Joner.