ESG

Apresentado por AMBIPAR

Ambipar cria plataforma de compensação de carbono para pessoa física

No aplicativo Ambify, usuário compra token e o troca por créditos de carbono negociáveis gerados em projetos que tiram CO₂ do ar

O aplicativo Ambify permite que o usuário compense o carbono que emite ao comer, beber, andar de carro, viajar de avião, usar energia e adquirir ou descartar coisas (AMBIFY/Divulgação)

O aplicativo Ambify permite que o usuário compense o carbono que emite ao comer, beber, andar de carro, viajar de avião, usar energia e adquirir ou descartar coisas (AMBIFY/Divulgação)

e

exame.solutions

Publicado em 17 de janeiro de 2022 às 09h11.

Última atualização em 14 de junho de 2022 às 11h43.

Neutralizar a pegada de carbono, cálculo estimado das emissões de gases de efeito estufa (GEE), já não é mais privilégio só de empresas no Brasil. A Ambipar, companhia líder em gestão ambiental, acaba de lançar a Ambify, plataforma que reduz o impacto ao meio ambiente de pessoas físicas por meio de créditos de carbono negociáveis.

Nela, o usuário compensa o carbono que emite ao comer, beber, andar de carro, viajar de avião, usar energia e adquirir ou descartar coisas ao comprar “tokens” (ativos digitais) que correspondem a créditos de carbono gerados por projetos de redução de emissões de gases de efeito estufa. Cada Ambify corresponde a 1 kg de carbono compensado.

Entre os projetos que geram crédito de carbono estão os de conservação florestal, agricultura regenerativa e geração de energia limpa que tiram CO₂ do ar, como o Projeto Envira Amazônia, que preserva uma floresta tropical no Acre, ou da própria Ambipar, que é uma geradora genuína de crédito de carbono.

Há, ainda, outros fornecedores, todos certificados pelo Verified Carbon Standard (VCS), padrão de certificação internacional da Verra, instituição internacional que valida mais de 70% dos créditos de carbono do mercado voluntário global.

“O aplicativo conecta os usuários a uma economia mais verde e de baixo carbono, democratizando esse mercado e ajudando a tornar a sociedade mais sustentável e responsável em relação às emissões de GEE”, afirma João Valente, diretor de Ativos Digitais da Ambipar.

Fácil e seguro

Todas as transações da plataforma ─ disponível para Android e iOS ─ são realizadas de forma descomplicada e confiável. Seu software utiliza a tecnologia blockchain que dá segurança e transparência às operações dos usuários.

As transações ficam gravadas, impedindo que um mesmo crédito de carbono seja vendido novamente depois que é compensado. A Ambipar optou pela Binance Smart Chain (BSC), um criptoativo mais sustentável, que gasta menos energia para ser minerado.

Cada crédito possui um número de série rastreável que é tirado de circulação assim que aposentado. A Verra garante que cada crédito de carbono adquirido seja equivalente a 1 tonelada de gases de efeito estufa.

Aplicações

Para desenvolver o aplicativo, a Ambipar montou uma equipe multidisciplinar, com especialistas em blockchain, mercado de carbono, desenvolvedores, programadores e designers. A plataforma já vem em versões em português, inglês e espanhol.

Uma das funcionalidades do app é calcular a pegada de carbono individual e mostrar quanto é necessário contribuir, de acordo com seus hábitos diários, para compensar suas emissões de GEE. É possível, inclusive, comprar Ambify para compensar no futuro.

Ao final de cada compensação, a plataforma destina 5% do valor de cada compra de crédito de carbono realizada a entidades que apoiam projetos sociais que podem ser escolhidas pelo próprio usuário.

São elas: Médico sem Fronteiras, organização internacional que leva cuidados de saúde a pessoas afetadas por graves crises humanitárias, Instituto Luz Alliance, da BrazilFoundation, que apoia comunidades vulneráveis durante a pandemia do coronavírus, e Instituto Jô Clemente (antiga APAE de São Paulo), que promove a saúde de pessoas com deficiência intelectual e apoia sua inclusão social.

Acompanhe tudo sobre:Ambiparbranded-content

Mais de ESG

Hapvida (HAPV3) vai investir até R$ 600 milhões em novos hospitais em SP e RJ

Ministério da Justiça realiza leilão de 54 quilos de ouro; veja como participar

5 frases que todo investidor precisa saber

"O mundo está passando por um processo grande de transformação", diz André Leite, CIO da TAG

Mais na Exame