Tesouro diz que não discute adiar reajuste do salário mínimo

O secretário do Tesouro Nacional disse que o adiamento do reajuste do salário mínimo não está no rol de medidas do governo

Brasília  - O secretário do Tesouro Nacional, Marcelo Saintive, disse nesta quinta-feira que o adiamento do reajuste do salário mínimo não está no rol de medidas do governo.

Sobre a possibilidade de o governo contar com receitas do leilão de hidrelétricas apenas no ano que vem, ante perspectiva de que os recursos entrassem no caixa da União ainda em 2015, Saintive disse considerar "legítimo que a receita caia no ano seguinte".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.