Temer autoriza municípios e Estado a parcelarem dívidas com INSS

De acordo com dados do governo federal, cerca de 4 mil prefeituras devem cerca de 75 bilhões de reais ao INSS

Brasília - O presidente Michel Temer assinou nesta terça-feira medida provisória autorizando o parcelamento em 200 vezes dos débitos dos municípios e Estados com o INSS, com desconto de 25 por cento nos encargos das dívidas, 25 por cento das multas e 80 por cento dos juros.

De acordo com dados do governo federal, cerca de 4 mil prefeituras devem cerca de 75 bilhões de reais ao INSS.

Em discurso, durante a abertura da 20ª Marcha Nacional dos Prefeitos, Temer comemorou o resultado da primeira prévia do Produto Interno Bruto deste ano, que cresceu 1,1 por cento no primeiro trimestre deste ano, e o anúncio da criação de quase 60 mil vagas de emprego no mês de abril.

"O PIB do último trimestre foi o maior dos últimos anos. Estamos recuperando a economia brasileira", disse Temer aos prefeitos reunidos em Brasília.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.